Início » Economia » Obama defende imigração em discurso em Lima
EM VIAGEM AO PERU

Obama defende imigração em discurso em Lima

Em sua última viagem como presidente, Obama conversou com jovens latino-americanos preocupados com os rumos da imigração nos EUA

Obama defende imigração em discurso em Lima
Obama chega ao Peru para fórum da APEC (Foto: APEC PERU 2016)

Em Lima, no Peru, para o Fórum da Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico (APEC), o presidente Barack Obama se despediu com uma conversa com os jovens latino-americanos. “Esta é minha última parada de minha última viagem como presidente dos EUA.”

Leia mais: Obama faz sua última viagem internacional oficial

Na plateia, havia jovens de toda a América Latina. Cem deles com bolsa para estudar nos Estados Unidos. O programa Jovens Líderes das Américas foi promovido por Obama e já deu chances para 20 mil empreendedores jovens latino-americanos.

Reunidos na Universidade Católica de Lima, o presidente tentava acalmar a todos que estavam muito preocupados com o caminho da imigração quando o novo presidente eleito assumir. “A História não anda em linha reta, mas em zigue-zague. A América é um país de imigrantes. Esse foi seu ponto forte. Pudemos atrair talentos de toda a parte. Se você anda pelas ruas de Louisianna, por Indiannapolis, verá que há pessoas vindas de todas as partes […] Por que os EUA se saiu tão bem nas olimpíadas? Podem dizer que somos um país grande e temos dinheiro para investir em programas para esportistas. Isso é verdade. Mas a China é maior do que nós e também investe muito dinheiro. O que aconteceu? Nós temos gente de todos os lugares. E de todos os tamanhos. Temos Michael Phelps, que é um gigante, e isso é muito bom para a natação. Temos a ginasta Simone Biles, que esteve na Casa Branca, é muito baixinha, mas é fabulosa no que faz. E todos são imigrantes”, disse Obama.

Obama animou os jovens a defender a imigração. “Eu agora tenho cabelos brancos e começo a ver mais como pensam os velhos. Às vezes os velhos se sentem mais ameaçados do que os jovens por essa mistura de raças e culturas. Quando alguém é velho tem medo das coisas novas. Alguns políticos podem pensar: vamos voltar à identidade antiga, de raça, de tribo. Mas se você se define pelo que não é, pela cor de sua pele, por onde nasceu, não tem realmente uma identidade sólida para a vida. Se o mais importante para você é ser americano, outro país pode lhe dar medo. E isso acaba em conflito. Por isso, a melhor maneira de cuidar dos EUA é fazer com que os demais países estejam bem.”

Fontes:
El País-Obama se despede do mundo com uma defesa apaixonada da imigração

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Roberto1776 disse:

    A globalização criou mais problemas do que soluções. Assim como este OBOBObama.

  2. Ludwig Von Drake disse:

    Admiro o Obama, mas ele deveria calar-se. Esse mundo não mais lhe pertence. Agora ele só causa constrangimento ao Trump. Deve estar magoado por sua candidata ter perdido a eleição.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *