Início » Economia » Parlamento grego aceita exigências de credores
Crise econômica

Parlamento grego aceita exigências de credores

Exigências incluem aumento de impostos e cortes nos benefícios sociais

Parlamento grego aceita exigências de credores
Exigências dos credores foram aprovadas por 229 votos a favor, 64 contra e seis abstenções (Fonte: Reprodução/Reuters)

O Parlamento da Grécia aprovou na madrugada desta quinta-feira, 16, (horário local) o acordo alcançado na última segunda-feira, 13, com líderes da zona do euro para socorrer o país com mais € 86 bilhões.

Leia também: Nem a Acrópole está a salvo dos credores da Grécia
Leia também: Grécia se rende aos credores e aceita mais austeridade em troca de resgate

A aprovação da proposta europeia ocorreu por 229 votos favoráveis, 64 contrários e seis abstenções. Enquanto as exigências dos credores eram aprovadas, milhares de gregos protestavam no centro de Atenas. Houve confronto entre manifestantes e policiais ao redor do prédio do Parlamento grego.

O acordo acertado na última segunda inclui aumento de impostos, penas mais duras para evasão fiscal e ainda reformas na previdência e na seguridade social.

Alguns partidários do Syriza, partido do premier Alexis Tsipras, pediram que os parlamentares não aprovassem as exigências dos credores.

A expectativa agora é que Tsipras faça uma ampla reformulação do governo, substituindo, inclusive, ministros e vice-ministros que votaram contra o pacote.

O acordo aprovado no Parlamento grego ainda precisa passar nos parlamentos da Alemanha, Finlândia, Áustria, Holanda, Eslováquia e Estônia. O Parlamento da França já aprovou o socorro.

A Comissão Europeia propôs conceder um empréstimo de emergência de € 7 bilhões à Grécia até que o acordo seja aprovado pelos demais países.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Parlamento da Grécia aprova aumento de impostos e cortes de benefícios

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *