Início » Economia » Pela 1ª vez, Banco Central dos EUA deve ser presidido por uma mulher

Pela 1ª vez, Banco Central dos EUA deve ser presidido por uma mulher

Atual vice-presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, de 67 anos, deve suceder Ben Bernanke em janeiro de 2014; o Congresso ainda precisa aprovar sua nomeação

Pela 1ª vez, Banco Central dos EUA deve ser presidido por uma mulher
Yellen deve ser confirmada ainda nesta quarta, 9 (Reprodução/Reuters)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, indicou que a atual vice-presidente do Banco Central norte-americano, o Federal Reserve (Fed), a economista Janet Yellen, de 67 anos, será nomeada para o comando da instituição. Yellen sucederá Ben Bernanke, cujo mandato acaba em 31 de janeiro de 2014. Yellen será a primeira mulher a ocupar a presidência do Fed.

Depois da renúncia do economista Larry Summers, ex-assessor do Conselho Econômico Nacional, que era apontado como favorito, Yellen passou a liderar a lista de indicações. Porém, a indicação de Yellen deverá ser submetida à apreciação do Congresso antes de ela ser confirmada no posto.

A indicação de Yellen deve ser votada pelo Comitê Bancário do Senado, de 22 membros, no qual os democratas detêm maioria. O ex-presidente norte-americano Bill Clinton elogiou a indicação ao afirmar que ela tem “boa capacidade de julgamento”.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

 

Fontes:
Agência Brasil - Pela primeira vez, Banco Central dos EUA deve ser presidido por uma mulher

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *