Início » Opinião » Artigos » Pesquisa diz que Brasil tem os bilhetes aéreos mais baratos do mundo
VIAGEM

Pesquisa diz que Brasil tem os bilhetes aéreos mais baratos do mundo

Segundo o estudo, o valor médio pago pelos passageiros em voos domésticos no país é de US$ 3,98 a cada 100 quilômetros

Pesquisa diz que Brasil tem os bilhetes aéreos mais baratos do mundo
Considerando curtas e longas distâncias, o custo médio das passagens da Bélgica é o mais caro do mundo (Foto: Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Brasil tem as passagens aéreas domésticas mais baratas do mundo na categoria “voos de curta distância com serviço completo”. É o que aponta a pesquisa “Flight Price Index 2017”, elaborada pela agência online de viagens Kiwi.com. Segundo o estudo, o valor médio pago pelos passageiros em voos domésticos no país é de US$ 3,98 a cada 100 quilômetros. Mas este valor sobe para US$ 28,66 em distâncias maiores. Completam a lista de bilhetes nacionais mais baratos – entre 80 países pesquisados – Índia, Moldávia, Indonésia, Irã, Malásia, Vietnã, Mongólia, Estados Unidos e França.

Considerando curtas e longas distâncias, o custo médio das passagens da Bélgica é o mais caro do mundo: US$ 54,63 a cada 100 quilômetros. Em seguida vêm Holanda, Catar, Chile, Emirados Árabes, Ilhas Salomão, Sérvia, Áustria, Líbano e Omã. Na relação geral, considerando a média dos preços de viagens domésticas e internacionais, o Brasil ocupa a 48ª colocação com US$ 16,32 para cada 100 quilômetros.

Muitas variáveis na planilha de preços

A plataforma revela que diversos fatores – como instabilidade política, preço do petróleo, concorrência entre empresas e até mesmo o clima – podem ter impacto no complexo algoritmo que chega ao preço final do bilhete. A Kiwi aponta que alguns consumidores acreditam em variáveis nem sempre confiáveis para chegar a um preço barato, como comprar bilhetes às terças-feiras ou fazer buscas de passagens em navegadores privados.

Entre seus serviços, a operadora busca oferecer aos passageiros os melhores preços dos ingressos aéreos disponíveis. “Os preços dos ingressos flutuam constantemente por uma série de razões. As variações de um ano para o outro podem ser atribuídas em parte a flutuações de taxas de câmbio, eleições ou mesmo por mudanças sociopolíticas como o Brexit. O Reino Unido, por exemplo, está recebendo um número maior de turistas americanos devido ao enfraquecimento da libra, enquanto o Egito e a Turquia sofreram uma queda nos preços das passagens devido a uma diminuição da demanda por turbulências regionais”, avalia o checo Oliver Dlouhý, CEO da Kiwi.com.

Ao rastrear o custo do voo por país, o viajante tem mais informações para escolher destinos que lhe permitam viajar mais com seu orçamento. “Os viajantes sabem qual é o seu ideal de rota, de tempo de viagem e de preço. Então nós lhes damos as ferramentas para cumprir isso”, complementa o executivo.

Os critérios da pesquisa

Os rankings do levantamento foram calculados considerando os custos de mais de um milhão de voos. Para encontrar um preço médio, os voos de curta distância ou domésticos foram calculados a partir da média de custos de voo da capital para até cinco grandes cidades do país ou uma cidade importante em um país vizinho que não está a mais de 1000 quilômetros de distância. A maioria dos voos nesta categoria estava abaixo, em média, de 600 km de distância. No entanto, em grandes países como Brasil e Rússia – onde há distâncias maiores entre as maiores cidades -, o número variou entre 900 e 1100 km. Os custos internacionais ou de longo curso foram calculados usando viagens de todos os aeroportos internacionais em cada país para até cinco centros internacionais.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Natanael Ferraz disse:

    Adoro estudos:
    Fui fazer os cálculos das minhas últimas viagens e…pasmem! Está certo.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *