Início » Economia » PIB da China registra o pior desempenho desde 2009
ECONOMIA

PIB da China registra o pior desempenho desde 2009

PIB cresceu 6,5% no trimestre finalizado em setembro, o pior desempenho econômico em nove anos

PIB da China registra o pior desempenho desde 2009
O relatório chinês é o primeiro desde que a guerra comercial com os EUA se intensificou (Foto: PxHere)

A China teve o seu pior desempenho econômico em nove anos. Segundo dados divulgados nesta sexta-feira, 19, o Produto Interno Bruto (PIB) chinês cresceu 6,5% no trimestre julho-agosto-setembro, a pior marca desde o início de 2009.

O resultado foi o pior desde quando a China ainda lidava com o impacto da crise financeira mundial. Apesar da desaceleração da economia, impactada por fatores externos como a guerra comercial com os Estados Unidos, o resultado ainda é positivo se comparado a outros países do mundo.

Mesmo sendo um resultado recente, os consumidores chineses já sentem a diferença no próprio bolso. De acordo com o New York Times, as pessoas já estão escolhendo melhor seus gastos, preferindo ficar em casa ou optando por bebidas mais baratas.

O mercado de ações chinês também não demonstra bons resultados. Desde o pico em janeiro, o mercado registrou queda, desacelerando mais de um quarto em relação ao mês inicial. A economia também impactou a moeda, que está próxima do seu mais baixo valor em dez anos, em relação ao dólar, com um yuan custando 14 centavos de dólar.

O relatório chinês é o primeiro desde que a guerra comercial com os Estados Unidos se intensificou e, por isso, apenas revela os efeitos iniciais da disputa. Até o momento, o conflito não teve grande impacto na economia chinesa, que foi principalmente afetada pela redução de investimentos e desaceleração no consumo interno.

Mesmo assim, as autoridades chinesas culparam fatores globais pelo resultado abaixo do esperado. O governo garantiu que medidas serão tomadas para manter o crescimento em curso.

“Não temos motivos para não ter confiança nas boas perspectivas para o desenvolvimento econômico da China”, afirmou Liu He, o chefe da Economia da China, em entrevista à agência de notícias Xinhua. A afirmação permitiu que o mercado de ações respirasse um pouco mais aliviado depois da divulgação dos resultados.

Críticos internacionais apontam ainda que, à medida que a guerra comercial com os Estados Unidos se intensifica, os resultados econômicos futuros podem ser ainda piores. Ou seja, caso o governo chinês não consiga lidar com o conflito com os americanos, a economia pode desacelerar ainda mais nos próximos trimestres.

Fontes:
The New York Times-China’s Growth Hits Slowest Pace in a Decade

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *