Início » Economia » Príncipe saudita investe 300 milhões de dólares no Twitter
Rede Social

Príncipe saudita investe 300 milhões de dólares no Twitter

Compra faz parte de estratégia de investimento em negócios promissores de alto crescimento e impacto global

Príncipe saudita investe 300 milhões de dólares no Twitter
Uso do Twitter tem aumentado muito no mundo árabe (Reprodução/Internet)

O príncipe Walid Bin Talal da Arábia Saudita e sua empresa de investimentos, Kingdom Holding, anunciaram uma “participação estratégica” na rede social Twitter de 300 milhões de dólares.

O investimento representa quase 3% da companhia, cuja base é em São Francisco, e foi avaliada em cerca de US$8 bilhões em agosto. Em um comunicado, o príncipe Walid, que tem 95% da Kingdom Holding, disse que a compra foi parte de uma estratégia de “investir em negócios promissores de alto crescimento com impacto global”.

Apesar da volatilidade dos mercados financeiros, os investidores têm demonstrado interesse continuo em empresas de internet. Semana passada, a empresa de jogo social Zynga levantou 1 bilhão de dólares em uma oferta pública inicial, enquanto que o site de compra coletiva Groupon levantou 700 milhões de dólares nos mercados no início de novembro.

As ações da Kingdom Holding subiram cerca de 6% na segunda-feira, 19, em Riyadh, na Arábia Saudita. O príncipe Walid, que também possui ações de grandes empresas norte-americanas, incluindo Citigroup, General Motors e Apple, é sobrinho do rei Abdullah. Ele também é um dos homens mais ricos do mundo árabe, com bens estimados em 21 bilhões de dólares, de acordo com a revista Arabian Busines.

Twitter na língua árabe

O investimento no Twitter vem após o co-fundador da companhia Biz Stone anunciar em junho que iria se afastar da rede social de rápido crescimento. O outro co-fundador do Twitter, Evan Williams, foi substituído pelo atual executivo chefe Dick Costolo no ano passado.

Apesar do abalo administrativo, o Twitter continua a ganhar tração, particularmente no mundo árabe, onde foi creditado por ter um papel nos recentes levantes populares do Norte da África e do Golfo. O árabe agora é a língua com maior crescimento de uso no Twitter, de acordo com informações da empresa de inteligência Semiocast.

O volume de mensagens em árabe se multiplicou 2.146% nos últimos 12 meses até outubro, de acordo com os dados da Semiocast. Isso faz do árabe a oitava língua mais usada no site.

“Nós acreditamos que a rede social vai mudar fundamentalmente a paisagem da indústria da mídia nos próximos anos. O Twitter vai capturar e monetizar essa tendência positiva”, disse Ahmed Reda Halawani, diretor executivo de capital privado e investimentos internacionais, em um comunicado.

O site tem atualmente mais de 100 milhões de usuários ativos, e levantou aproximadamente 400 milhões de dólares em novo capital no último verão (do hemisfério norte). Esse investimento foi conduzido pela DST Global, firma de investimento liderada pelo russo Yuri Milner.

Fontes:
New York Times - Saudi Prince Invests $300 Million in Twitter

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *