Início » Economia » Privatização de aeroportos: solução ou ameaça?
Tendências e Debates

Privatização de aeroportos: solução ou ameaça?

Seja lá o que for decidido, o que ninguém discute é que soluções de curto prazo se fazem urgentes. Por Joana Duarte

Privatização de aeroportos: solução ou ameaça?
Aeroporto Internacional de Brasília - Presidente Juscelino Kubitschek

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O debate sobre uma política de concessão de aeroportos brasileiros à iniciativa privada como forma de solucionar a urgência de investimentos no setor vem se intensificando, especialmente em face de eventos como a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas, em 2016. Afinal, o setor da aviação civil brasileiro, hoje gerenciado pela estatal Infraero, cresce em ritmo acelerado e já nem consegue suprir a demanda atual ou investir o necessário para ampliar a capacidade aeroportuária. Mas embora a estratégia de privatização venha sendo considerada como imprescindível para uma maior eficiência logístico/econômica da aviação, ainda não existe no Brasil um indicador preciso que aponte benefícios concretos na privatização da prestação deste serviço.

Neste sentido, o processo de licitação para a concessão de serviços aeroportuários do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte – o primeiro no país e já submetido à audiência pública na última quarta-feira, 25 -, servirá como laboratório para a definição de um modelo eficaz. A minuta do contrato prevê a concessão desse aeroporto à iniciativa privada por um prazo de 28 anos, com investimentos no período estimados em R$ 650,29 milhões. O consórcio que ganhar a licitação será responsável pela construção parcial do aeroporto, manutenção e exploração. A previsão é que o edital esteja nas ruas em janeiro de 2011.

Deficiências da Infraero

A Infraero é hoje responsável pela administração de 67 aeroportos no país, por onde passam anualmente cerca de 80 milhões de passageiros e 1,2 milhão de toneladas de cargas aéreas. As maiores críticas à estatal são voltadas para a questão da falta de recursos financeiros do Estado, ou seja, a ausência de investimentos no setor. De acordo com dados da Anac (Associação Nacional de Aviação Civil), somente 11 dos 67 aeroportos estatais do país geram lucro. Essa deficiência financeira provoca baixos investimentos em infraestrutura, com o que se deixa de ampliar e construir novos aeroportos. Má administração, ineficiência na alocação de recursos existentes e a falta de planejamento agravam o problema e prescrevem uma crise sempre iminente.

Os que veem com maus olhos a privatização dos aeroportos argumentam que a estratégia ignora a questão de como se lidar com aeroportos deficitários. Segundo os críticos, a privatização do setor só garantirá o lucro das concessionárias, sem nenhum estímulo para investimentos em eficiência, melhoria das instalações ou manutenção de tarifas em níveis razoáveis. Já as empresas aéreas temem a criação de um monopólio privado nos aeroportos.

O fato é que, por todo canto, em qualquer capital brasileira, os aeroportos estão sobrecarregados e a Infraero funciona mal. Seja lá o que for decidido, o que ninguém discute é que soluções de curto prazo se fazem urgentes.

Caro leitor,

Você acha que há necessidade de reformulação dos aeroportos?

Você acha que a Infraero é bem administrada?

Você acha que concessões podem gerar monopólios?

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

25 Opiniões

  1. cesar henrique arthou disse:

    Em principio sou a favor da privatização. A admininstração feita por particular é sempre mais eficiente que a publica.
    Porem o Governo deveria impedir que seja criado o monopolio dessas gestões.
    Do jeito que está não dá, é uma vergonha,

  2. Markut disse:

    Esta é uma dúvida que não precisaria existir.
    Não bastasse o caso em causa que é a lamentavel incapacidade gestora da Infreaero, o viés estatista deste governo reluta em admitir que a iniciativa privada é e sempre foi mais competente.
    Ainda mais, quando a necessária meritocracia é suplantada por injunções políticas, para albergar montanhas de “cumpanheros”.
    2014 e 2016 estão aí e não há mais tempo a perder.
    A não ser que a perda de tempo seja intencional, visando as convenientes condições para contratações de urgência, quando o fator custo deixa de ser relevante,já que o tesouro nacional é aquele ente amorfo e sem dono.

  3. JORGE TERRA NACER disse:

    TUDO QUE O GOVERNO BRASILEIRO ADMINISTRA VIRA SUCATA, O MELHOR EXEMPLO DISSO É O EXERCITO BRASILEIRO, EM EXPECIAL O REGIMENTO DE TANQUES DE ROSARIO E SANTA MARIA NO RS.
    ESTATAIS SÃO INEFICIENTES, CABIDE DE EMPREGOS PARA AFILIADOS DE POLITICOS.
    NADA MELHOR QUE A PRIVATIZAÇÃO, POIS A INCOMPETENCIA GOVERNAMENTAL E ALTA.
    PRINCIPALMENTE AGORA COM A DILMA,SOCORRO.

  4. Nelson João Teixeira disse:

    A privatização dos aeroportos, é a melhor solução. Alem dos serviços ficarem melhor, tambem acaba com os cabides de empregos. de afilhados de politicos trambiqueiros. É so ver a Vale do Rio Doce. Quase foi a falencia. Apos a privatização, cresceu e é conserada em primeiro lugar.

  5. LUIZ ANTONIO VIEIRA BARBI disse:

    A VELHA QUESTÃO BRASILEIRA…A IMCOMPETENCIA DO GOVERNO, EXCESSÃO FEITA PARA A ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS…ALIADA A ESPANTOSA EFICIÊNCIA EM PENDURAR AFILHADOS POLÍTICOS NAS TETAS PÚBLICAS.
    CLARO QUE SE TRAVARÁ A MAIOR BATALHA POLÍTICA, AINDA MAIS COM A DILMA PRESIDENTE, QUEM SE LEMBRA DAS BATALHAS CAMPAIS DE FATO OCORRIDAS ALI NA PRIVATIZAÇÃO DA VALE?
    NINGUÉM QUER PERDER AS MAMATAS, PERDER OS PRIVILÉGIOS, PERDER AS REGALIAS, NIN
    GUÉM QUER TRABALHAR DURO, O MELHOR MESMO É NÃO FAZER NADA, BEM MELHOR É CONTINUAR A MAMAR NO GENEROSO LEITE PÚBLICO!
    ESTA SIM É A VERDADEIRA HERANÇA MALDITA QUE RECEBEMOS NO BRASIL, HERANÇA ESTA
    ADVINDA DAS VERGONHOSAS CORTES PORTUGUESAS, ONDE UMA MULTIDÃO TINHA QUE TRABALHAR DURO PARA SUSTENTAR UMA CATERVA DE PARASITAS…
    TAL PAI, TAL FILHO, TAL REINO DE PORTUGAL, TAL BRASIL LULISTA

  6. Ivan Lippi disse:

    O que eu acho é que o Brasil nunca soube fazer projetos de aeroportos porque nosso arquitetos são incompetentes e o poder público mais ainda.

    Com o tamanho desse país com tanto espaço porque espremer um mundo de gente numa pequena área? Porque dar prefencia a lojinhas ao invés de priorizar espaço para passageiros? Não viajo para comprar bugigangas mas porque preciso. O aeroporto de Brasilia é um horror de projeto!

  7. renato.rvasco@gmail.com disse:

    Prefiro sempre a atividade economica na mão da sociedade ao invéz de na mão do Estado. O Estado é sempre parasita e meio fascista

  8. Leonardo Pimentel Portugal disse:

    A forma de privatização dos aeropoprtos brasileiros é de forma iminente e decisiva para haver uma melhor organização perante aos recursos e investimentos mal distribuidos estatalmente.
    Muitas são as críticas e argumentações referentes a este ou a qualquer tema a serem analisadas, algumas devem ser aceitas, pois são construtivas outras nem tanto, enfim se a situação aerea está do jeito que está é necessário haver mudanças pois os acontecimentos pedem-as e mesmo que haja dificuldades poderão ser vereficadas em outras circunstâncias, a mudança deve acontecer quando os acontecimentos e atitudes tomadas não são mais aprovadas pela grande parte de um público que se interessa por tal aspecto sociocultural.

  9. Fernando Marne disse:

    Minha Opinião é que os aeroportos deveriam ser realmente privatizados, como foram algumas rodovias e deram certo.
    Nossos governantes e nem suas estatais conseguem cuidar desses casos.
    Sou a favor da PRIVATIZAÇÃO, desde que seja concedidas à empresas idôneas, e n~]ao para um bando de aproveitadores do dinheiro do Povo !!

  10. João Cirino Gomes disse:

    É bom que todos os brasileiros saibam como ocorreram e ocorrem as privatizações no Brasil! Primeiro os políticos usam o dinheiro dos cofres públicos para construir estradas aeroportos, etc e tal… Acontece que na maioria das vezes estas construções são superfaturadas! Mas isso não é tudo: Muitas das vezes os políticos resolvem privatizá-las! E sabe quem as compra a preços de banana? Eles mesmos, seus amiguinhos e seus familiares! E como sempre a população que pagou um absurdo pela obra terá que pagar para dela usufruir! Seria esta a justiça social e a justa distribuição de renda tão pregada pelos salvadores da Pátria, que além de exercerem vários cargos ao mesmo tempo, desfrutam varias aposentadorias principescas e ainda rouba e engana a população carente, iludindo a maioria em currais eleitoreiros!

  11. jorge terra nacer disse:

    tudo que o governo brasieiro admnistra vira sucata, e só ver o sucatão dos regimentos de carros de combate usados, velhos, comrados da alemanha.

  12. jorge terra nacer disse:

    COM A DILMA ADMINISTRANDO VAI FICAR PIOR.

  13. Giane Dondóssola Martins disse:

    Se com a Dilma o Brasil vai ficar pior não sabemos, mas que a classe C esta ai sorrindo ou seja os brasileiros descobrem que nunca foram tão felizes,isso com a administração do Lula. Talvez com a Dilma na presidência não é a vez da classe D sorrir e descobrir a felicidade.
    Pesquisas apontam para este crescimento nossa economia esta a todo vapor.
    Pense e reflita.

  14. helio(rio de janeiro) disse:

    A Dilma tinha em 96 uma lojinha chamada Pão e Circo, de 1,99 com artigos do Paraguai que faliu.
    A privatização nesse governo se faz nas franjas. Aeroportos, funcionários terceirizados. Melhor assim, aí a ineficiência no tráfego aéreo deve ficar menor.

  15. helio(rio de janeiro) disse:

    Giane, Refleti. Lula chegou numa era de prosperidade mundial, herdou uma dívida já equacionada, um sistemma financeiro já saneado (daí a marolinha), uma telefonia já criada, uma estabilidade do Real, e um programa melhor que o Fome Zero, que deu errado. Os emergentes cresceram, o Brasil menos que eles. Houve uma espetacular propaganda para dizer que Lula era o pai de tudo de bom, e que as bilionárias maracutaias não eram de seu conhecimento, ou que corrupção sempre existiu. Nunca elas foram tão vultosas e impunes. Nunca se aparelhou tanto o Estado. A Dilma e o Lula tem essa popularidade só por falta de oposição pra valer. Quantos acompanharam a CPI dos Correios?

  16. Luiz Fernando disse:

    Bom Dia !
    Tenho algumas dúvidas com relação a este asunto e muito medo pois é uma questão de segurança nacional, em caso de ameaça os aeroportos podem ficar vuneraveis se forem privatizados.

  17. Markut disse:

    Acabo de tomar conhecimento do sucesso da iniciativa privada no aeroporto de Cabo Frio- RJ, um empreendimento iniciado , sem sucesso, no começo da década de 90, pelo poder público, e que se revela promissor, graças à sua estratégica localização e da administração privada do Costa do Sol,para passageiros e carga, com pista de 2500 m,em lugar dos 1700 m iniciais.
    A Infraero sabe disso?
    Como sempre, problemas, como o apontado, da incompetência dos arquitetos projetistas e de outros muito mais graves, a gestão privada, naturalmente,os elimina.
    Ao Estado cabe, apenas, a vigilãncia quanto aos excessos e,eventualmente e complementarmente, aos problemas de segurança nacional.
    Nada mais.O resto,deixe que a iniciativa privada se incumbe, com competência, atrás que estará dos seus cobiçados proventos. Excluamos a palavra lucro que é, para muitos, pornográfica.
    Se houver incompetência,imediatamente, ela será suprida por outra, não havendo chance para ela se perpetuar.

  18. helo, Rio de janeiro disse:

    Luiz Fernando,
    Os aeroportos estão vulneráveis. O céu do Brasil é o pesadelo dos pilotos. Tivemos muitos acidentes com mortes. Deram aumentos para o executivo e não contrataram mais controladores de vôo. Lembra do acidente da Gol? Deu até CPI.

  19. Marcelo disse:

    É Bom saber que o Brasil vai ficar na mesma, pois, como pode-se observar, todos falam em privatizações mas, ninguem conhece os donos.
    Todas as estradas privatizadas são de apenas um dono, isto acho que todos sabem…em São Paulo, toda area de infra-estrutura que é privada como Rodovias, o famoso CONTROLAR e ETC… tambem é de um unico dono, o que tambem todos sabem é logíco, então pergunto, todos sabem quem esta por traz de toda privatização dos aeroportos, os mesmos que a anos os constroem e que são os mesmos donos das rodovias privatizadas e tambem dona dos controlar da vida.
    Tive a oportunidade de visitar varias vezes a famosa festa do BROA, e lá vc ve ao vivo e a cores o que as empreiteiras tem de poder.
    E com tudo isto as pessoas que como já disse alguem neste, pagamos e vamos pagar tudo novamente para as mesmas pessoas para que os politicos que ai estão continuem ficando Rico.
    Com relação a classe C, acho que deveria quem falou sobre estar melhor, aprofundar-se mais em fontes serias e confiaveis e não ficar vendo apenas jornais que por sinal são de politicos e seus interessados.
    O Brasil é um grande pais, com um povo imbecil e me incluo neste e politicos altamentes corruptos e que muitos que aqui moram acham bonito ser corrupto, pois, é sinal de ser esperto.

  20. Liberty disse:

    Eu acho muito engraçado estas discussões, em paises do primeiro mundo onde muito de vcs já devem ter ido passear e ficam deslumbrados com os aeroportos modernos e eficientes, sabemos muito bem que são administrados pela iniciativa privada. Mas o curioso é o que vale la fora não serve para o Brasil, vamos deixar de demagogia, quem sempre é contra as privatizações são os funcionários dessas estatais que tem grande interesse que essa mamata de sálarios acima da média, estabilidade vitalícia, aposentadoria integral nunca acabe. Esses que defendem tanto a não privatização, deveriam dizer onde trabalham e o que fazem, aposto que a maioria é de funcionário público.
    Só pra relembrar, a VALE hoje é maior empresa do Brasil e dizem que da até lucro, a EMBRAER ocupa a terceira posição mundial em produção de aviões e tudo isso só pode acontecer porque foram privatizadas.

  21. waldecyr disse:

    Penso que seria a melhor solução, a privatização. Pois as empresas tercerizadas Isuply, Tecno,Tecnenge,Tecman,Mpe, ccs,sulsport,Rodocon,Proer e outras mais que prestão serviços a infraero, e sao subordinada a mesma. Nada mais justo que ter os que mesmos Benefícios e direitos que os funcionários da infraero. Claro que serviços de qualidade e segurança total aos clientes, pois estamos todos num mesmo aeroporto. Sujeitos ao que der e vier num mesmo barril de polvoras.

  22. Vanderlei disse:

    Apropriar-se da mais valia de quem não se importa, tudo bem! Claro que a demanda não era esperada e os administradores não planejaram. Antes de nos preocuparmos com isto, quero saber se todos já tem acesso a saúde e educação em todos os níveis, públicos e de qualidade. Isto não é mercadoria. Por outro lado, emprego e moradia diganas. Primeiro resolver os problemas da maioria, sofredora nos séculos de Brasil, depois, bem, depois até podemos gastar tempo pensando nos aeroportos. Claro que jogam um papel importante, mas não fundamental para a maioria do povo. Querem ver, onde está sobrando pessoal para atuar na área? Porque a iniciativa privada não investe na formação de quadros? Se investe, é muito pouco.

  23. Erivan França disse:

    È fácil dá uma empresa funcionando e dando lucro para os empresários, além de emprestar o dinheiro para compra a juros baixos, os aeroportos se auto pagará, a princípio tudo dará certo, depois virá os aumentos e por consequencia a exclusão das classes c e d dos aeroportos. E os aeroportos deficitários quem bancará? nós pobres mortais pagadores de impostos.

  24. FRANCISCO GOMES disse:

    Boa-tarde !

    Tenho certeza que a INFRAERO é bem administrada, pois acredito que tenha os melhores profissionais para sua gestão. Acredito que as concessões não darão certo e tenho lá mihas dúvidas com relação a este asunto, pois além de ser uma questão de segurança nacional, os aeroportos podem ficar vuneraveis se forem privatizados.

  25. lucas disse:

    Só acho que essa foto não é do aeroporto de brasília. A TSA não opera no Brasil.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *