Início » Economia » PT e aliados criticam política de juros altos do Banco Central
Economia

PT e aliados criticam política de juros altos do Banco Central

Segundo o presidente do PT, a taxa atual é impraticável com a economia em retração

PT e aliados criticam política de juros altos do Banco Central
A Executiva Nacional do PT pediu em sua última reunião 'a imediata reversão da elevação da taxa de juros praticada pelo Banco Central' (Foto: Wikimedia)

Depois de criticar o ajuste fiscal, agora, o PT e a base aliada da presidente Dilma Rousseff atacam a política de juros do Banco Central. No mês passado, o Comitê de Política Monetária (Copom) aumentou os juros básicos para 13,75% ao ano, a maior taxa desde janeiro de 2009. Apesar da retração do Produto Interno Bruto (conjunto de bens e serviços produzidos no país) e do aumento do desemprego, o indicativo é que a trajetória de alta continue.

“Com a economia em retração, é impraticável manter as atuais taxas de juros”, disse Rui Falcão, presidente do PT.

Na última segunda-feira, 29, o assunto fez parte da reunião do ex-presidente Lula com deputados e senadores do PT. De acordo com participantes, Lula contestou a política de juros altos, afirmando que não há inflação de demanda, e defendeu o aumento do crédito. A Executiva Nacional do PT pediu em sua última reunião, há dez dias, “a imediata reversão da elevação da taxa de juros praticada pelo Banco Central”.

Contudo, as críticas não se resumem ao PT: “Não dá para ter juros de 13,75% com a economia do jeito que está. Estamos enxugando gelo”, disse o senador Romero Jucá (PMDB-RR). Além disso, a resolução divulgada pela Comissão Política Nacional do PCdoB também afirma que o aumento de juros está na contramão da retomada do crescimento.

 

Fontes:
O Globo-PT e aliados atacam política de juros altos

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *