Início » Economia » Santander é multado em R$ 162,3 milhões por reter dinheiro de clientes mortos
REINO UNIDO

Santander é multado em R$ 162,3 milhões por reter dinheiro de clientes mortos

Segundo a Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido, a retenção do dinheiro afetou mais de 40 mil beneficiários

Santander é multado em R$ 162,3 milhões por reter dinheiro de clientes mortos
Maior banco da zona do euro, o Santander se comprometeu a reparar o dano (Foto: Peter Clayton/Creative Commons)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O banco Santander foi multado em 32,8 milhões de libras (R$ 162,3 milhões) no Reino Unido por não transferir o dinheiro de clientes falecidos a seus familiares ou beneficiários.

A multa foi anunciada em comunicado nesta quarta-feira, 19, pela Autoridade de Conduta Financeira (FCA, na sigla em inglês). A princípio, ela foi estabelecida em 46,8 milhões de libras, mas foi reduzida após o Santander reconhecer sua responsabilidade e se comprometer a reparar o dano.

Entre janeiro de 2013 e junho de 2016, a subsidiária do banco espanhol no Reino Unido reteve um total de 83 milhões de libras (R$ 906 milhões) de clientes falecidos, o que afetou mais de 40 mil beneficiários. Em alguns casos, o dinheiro ficou retido por muitos anos.

A retenção do dinheiro foi devido a falhas no processo de inventário de contas e investimentos de clientes mortos. Segundo o comunicado, “as falhas levaram muito tempo para serem identificadas e, depois, muito tempo para serem corrigidas”.

“Uma vez que esses problemas foram detectados e informados ao conselho e à alta gerência [do Santander], foram consertados apropriadamente. Mas o reconhecimento do problema demorou demais. As empresas devem ser capazes de identificar e responder a problemas mais rapidamente, especialmente quando estão causando danos aos clientes”, disse o comunicado.

O Santander, que é o maior banco da zona do euro, não contestou a decisão da FCA.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Jorge Hidalgo disse:

    parabéns…só na União Europeia…se fosse aqui no país do “futuro” só por Deus…seriam intermináveis contestações e depois anos – senão milênios – na JUSTIÇA brasileira…que dispensa comentários…ai de mim, criticar quaisquer dos “Poderes” constituídos…que contribuem para o brasil ser o que é perante o mundo: o primeiro ou segundo, ou terceiro, em: criminalidade, desmatamento, mortes às minorias, analfabetismo, corrupção, desmandos, desvios, mortes no trânsito, desrespeito à propria Justiça, etc acho que dá para parar…já que a lista é infinita

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *