Início » Economia » Sem acordo, conversas entre EUA e Canadá continuam na próxima quarta
NAFTA

Sem acordo, conversas entre EUA e Canadá continuam na próxima quarta

Equipes dos países negociam um novo pacto comercial para substituir o atual Nafta. Negociações foram paralisadas na última sexta-feira, 31, após não chegarem a um acordo

Sem acordo, conversas entre EUA e Canadá continuam na próxima quarta
EUA já chegou a um acordo com o México, mas não com o Canadá (Foto: Shealah Craighead/White House))

As negociações sobre um novo acordo comercial entre Estados Unidos e Canadá serão retomadas apenas na próxima quarta-feira, 5. A intenção era que o pacto, que substituirá o Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (Nafta), fosse selado até a última sexta-feira, 31.

No entanto, as negociações não progrediram como os países desejavam e precisaram ser adiadas. O acordo trilateral, envolvendo México, Canadá e Estados Unidos, ainda é possível. Porém, o representante do Comércio dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, informou, através de uma nota, que o presidente Donald Trump já entrou em contato com o Congresso dos EUA sobre o novo acordo.

“Hoje o presidente notificou o Congresso sobre sua intenção de assinar um acordo comercial com o México – e o Canadá, se estiver disposto – daqui a 90 dias. O pacto é o acordo comercial mais avançado e de alto padrão do mundo. Nas próximas semanas, o Congresso e os conselheiros da sociedade civil e do setor privado poderão examinar o acordo. Eles descobrirão que isso traz enormes benefícios para nossos trabalhadores, fazendeiros, rancheiros e empresas”, diz o comunicado.

Lightizer destacou ainda que as conversas com o Canadá ao longo da semana foram “construtivas”. As afirmações foram reforçadas pela ministra das Relações Exteriores do Canadá, Chrystia Freeland, que apenas disse que as negociações ainda “não estão completas”, não significando que elas retrocederam ou falharam.

Porém, assim como o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, fez anteriormente, Freeland destacou que “o Canadá só assinará um acordo que é um bom negócio para o Canadá”. “Sabemos que um acordo ganha-ganha-ganha está ao nosso alcance”, afirmou a ministra, destacando que o pacto trilateral pode ser benéfico para todos.

As negociações teriam diminuído o ritmo na última sexta-feira, pois uma informação de Trump teria circulado afirmando que qualquer acordo com os canadenses seria “totalmente em nossos termos”. Freeland preferiu não comentar a alegação, destacando a “boa fé e boa vontade” nas negociações com o representante do Comércio americano.

Um ponto delicado das negociações é porque o Canadá exige manter um mecanismo de disputa comercial independente, o que os Estados Unidos não querem ceder. Essa ferramenta seria necessária principalmente depois da ameaça de Trump de deixar a Organização Mundial do Comércio (OMC). Caso isso ocorra, atrelados a um acordo, Canadá e México teriam poucas opções para possíveis futuras negociações com os EUA.

 

Leia também: ‘Não ter acordo é melhor do que um acordo ruim’, diz Trudeau sobre o Nafta
Leia também: México e EUA firmam novo acordo comercial preliminar

Fontes:
The Guardian-US-Canada trade talks miss deadline as Trump courts Mexico

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *