Início » Brasil » S&P sinaliza possível rebaixamento da nota de crédito do Brasil
ECONOMIA

S&P sinaliza possível rebaixamento da nota de crédito do Brasil

Agência de classificação de risco colocou a nota de crédito do Brasil em observação, o que significa que pode rebaixar a nota do país em 90 dias

S&P sinaliza possível rebaixamento da nota de crédito do Brasil
Medida é um reflexo das denúncias de corrupção contra o presidente Michel Temer (Foto: Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Na última segunda-feira, 22, a agência de classificação de risco Standard and Poor’s decidiu colocar o rating do Brasil (a nota de crédito) em observação negativa (Creditwacth negativo).

A ação significa que a agência pode rebaixar a nota em 90 dias, em caso de estresse adicional na dinâmica política. O CreditWatch é um alerta de curto prazo para a classificação de risco. No caso do Brasil, o alerta é reflexo dos eventos políticos recentes, como a denúncia de corrupção contra o presidente Michel Temer.

A S&P diz que poderá reafirmar o rating atual de “BB” caso as incertezas políticas não durem muito ou caso a equipe econômica consiga apoio o suficiente no Congresso para continuar a implementar a agenda de reformas.

Em nota, o Ministério da Fazenda reafirmou seu compromisso com a recuperação da economia brasileira a partir de reformas estruturais, que têm como objetivos “o equilíbrio das contas públicas, a sustentabilidade da dívida pública e a construção de novas bases para o crescimento sustentado”.

Fontes:
Estadão-Agência de classificação de risco sinaliza possível rebaixamento do Brasil
Valor Econômico-S&P põe nota soberana do país em observação para possível rebaixamento
Ministério da Fazenda-S&P coloca a nota de crédito soberano do Brasil em observação negativa (Creditwatch Negative)

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. laercio disse:

    … Equilíbrio das contas públicas?
    Me perdoem doutores mas não há de se falar em equilíbrio enquanto o povo não for restituídos dos prejuízos: estádios olímpicos…, obras inacabadas…, E tantos outros.
    As receitas que vejo em nossos telejornais mostram que há muito a ser fazer e nada foi…feito

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *