Início » Economia » Vendas do varejo caem pelo quinto mês seguido
Economia

Vendas do varejo caem pelo quinto mês seguido

É a maior sequência negativa do índice desde 2000. Este ano, as vendas já declinaram 2,2%, pior resultado desde 2003

Vendas do varejo caem pelo quinto mês seguido
Supermercado é um dos setores de vendas mais afetado pela crise econômica, redução de 1,3% (Foto: Wikipedia)

A renda familiar apertada pela crise econômica e o aumento nos juros estão prejudicando as vendas do comércio. De acordo com informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o volume de vendas no varejo caiu 0,8% em maio e 0,4% em junho, a quinta queda seguida e maior sequência negativa desde 2000. A expectativa era de redução de 0,3%.

O primeiro semestre de 2015 totalizou um declínio de 2,2%, o pior período do comércio brasileiro desde 2003, quando as vendas encolheram 5,7%, disse a gerente da coordenação de serviços e comércio do IBGE, Isabela Nunes Pereira.

Segundo Isabela, dois setores refletem a situação da economia brasileira, o primeiro é o das vendas dos supermercados, que caíram 1,3% no primeiro semestre de 2015; o segundo é o de automóveis, partes e peças, que teve uma redução nas vendas de 13% no período.

“A evolução da taxa de juros encarece o crédito e o deixa mais restrito. Por outro lado, há o enfraquecimento do mercado de trabalho. A queda de confiança do consumidor, que está nos níveis históricos mais baixos, inibe a compra de produtos que vão envolver parcelas maiores e grande fatia da renda”, explicou a especialista.

O índice de receita nominal, também medido pelo IBGE, teve crescimento de 0,8% em junho, em comparação com o mês anterior. Em relação a junho de 2014, a expansão foi de 4,6%. No ano a receita nominal subiu 4,2% e, no acumulado de 12 meses, 5,5%.

Fontes:
Valor-Varejo recua pelo 5º mês seguido e tem pior semestre desde 2003

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *