Início » Economia » Vilarejo rural na Espanha ganha prêmio histórico em loteria
SORTE NA CRISE

Vilarejo rural na Espanha ganha prêmio histórico em loteria

Todos menos um morador de Sodeto saíram com uma porcentagem do prêmio de US$950 milhões e a sensação vertiginosa de que, em meio à crise, a vida lhes ofereceu uma segunda chance

Vilarejo rural na Espanha ganha prêmio histórico em loteria
Ganhadores comemoram após a escolha do bilhete premiado (Reprodução/EPA)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Apenas algumas semanas atrás, as 70 famílias de uma aldeia rural isolada no noroeste da Espanha estavam lutando sob o duplo golpe da crise econômica espanhola e dos estragos causados por uma grave seca.

Alguns estavam até pensando em ignorar a enorme loteria de Natal espanhola, conhecida como “El Gordo”, que é uma espécie de obsessão nacional. Mas eles compraram bilhetes por pura lealdade à associação de moradores da vila, que lucra uma pequena porcentagem na venda de bilhetes.

E então, no dia da escolha do bilhete premiado, seus números começaram a aparecer nas bolinhas brancas.

Todas menos uma família em Sodeto ganharam uma porcentagem do prêmio de US$950 milhões, o maior da história da loteria espanhola. Alguns dos moradores de Sodeto, em sua maioria agricultores e trabalhadores da construção civil desempregados, ganharam milhões. Os menos afortunados saíram com um mínimo de 130 mil dólares – e a sensação vertiginosa de que a vida, em seus caminhos misteriosos, estava dando-lhes uma segunda chance.

Foi uma das raras boas notícias em meio à implacavelmente sombria crise econômica europeia, em que a Espanha tem sido um dos países mais atingidos. Mas não veio sem seu próprio custo: a aldeia — até então apenas um pontinho esquecido no mapa da Espanha, a cerca de três horas de Barcelona, ​​tem sido invadida por vendedores, banqueiros e caçadores de fortunas.

Em uma manhã recente, comerciantes brotavam por toda a parte: banqueiros em ternos ofereciam altas taxas de juros, vendedores de automóveis falavam em BMWs e corretores de imóveis iam de porta em porta.

O dia do anúncio da loteria foi uma loucura coletiva, disseram os moradores, à medida que eles perceberam que seus vizinhos também haviam ganho o prêmio.

Quando a notícia se espalhou, os agricultores se dirigiram às pressas para a cidade em seus tratores. O prefeito, Rosa Pons, usou um megafone para felicitar a população. Anica Bordei, a gerente do café da cidade, correu para a rua de meias com buracos nos dedos dos pés. E no que pareceu menos de 20 minutos, os banqueiros estavam no local para recolher os bilhetes premiados e, em seguida, a imprensa local apareceu.

A loteria, estabelecida pela primeira vez em 1812, é um grande evento na Espanha. Muitas pessoas tiram a manhã de folga para assistir a cobertura televisiva dos números sendo retirados de uma gaiola dourada giratória. A Loteria da Espanha recebeu 1.800 bilhetes premiados com o mesmo número e  cada um recebeu US$ 520 mil. Como o ingresso custa 26 dólares cada, eles são muitas vezes divididos em participações de US$6,50.

A associação de moradores de Sodeto vende os bilhetes a cada ano e, normalmente, lucra  cerca de US $ 1.300, que usa para pagar pela produção de festivais locais. Este ano os ingressos vendidos pela associação acumularam um total de mais de US $ 150 milhões em prêmios.

Fontes:
The New York Times-In Spanish Village, Everyone’s a Winner, Almost

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Henrique Meyer de Azevedo disse:

    A gente veio para este mundo, com o nosso destino traçadinho. Com tantas deficuldades, houve um geito de contornar as dificuldades.
    Eu ainda estou esperando a minha vez.

  2. Roque S. de Souza disse:

    O cadinho cultural da ESPANHA possibilita acontecimento como esse: a crença do povo assentada na RELIGIÃO exercita a paciência, daqueles que jogam, no sentido de que DEUS vai resolver a situação das vidas fragilizadas. E assim sendo acaba desembocando no FATOR SORTE,e no entanto é preciso fazer aposta no jogo, que nada mais é senão o Bilhete Premiado da LoTéria, no fim do Dia, no final da Semana e/ou do Mês desse Ano ou de outro Ano qualquer.

  3. André Luiz D. Queiroz disse:

    Eu fico imaginando a sensação da única família da Aldeia que não ganhou no rateio do prêmio… Também seria interessante ver como ficará a vida de cada habitante premiado daqui a alguns anos. Terão melhorado de vida, ou desperdiçado o montante que lhes coube?

    Uma coisa é certa: Dinheiro que vem fácil, vai fácil! E também se diz: “Dinheiro mal ganho é dinheiro mal gasto!” Patrimônio e segurança financeira se constrói é com trabalho e disciplina (poupança e investimentos).

    Um pouco de neurolinguística: os americanos não dizem ‘ganhar dinheiro’, e sim ‘fazer dinheiro’ (to make money), e isso faz diferença! Dinheiro — a moeda circulante — é representação da riqueza (bens e serviços) produzida, algo que só se faz com trabalho! Assim, se uma pessoa tem o objetivo de enriquecer, melhor arregaçar as mangas e se dispor a trabalhar (e poupar) ao invés de contar com a sorte de que um dia lhe caia nas mãos um bilhete premiado!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *