Início » Brasil » Autofagia no PDT
COLUNA ESPLANADA

Autofagia no PDT

O presidente do PDT, Carlos Lupi, e o senador Lasier Martins (PDT-RS) tiveram uma áspera conversa há duas semanas, e a turma pedetista tenta abafar

Autofagia no PDT
Carlos Lupi (foto) e Lasier Martins se esforçam em esconder o racha (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Não vai nada bem a relação entre o presidente do PDT, Carlos Lupi, e o senador Lasier Martins (PDT-RS), por causa da decisão do parlamentar de votar contra a presidente Dilma no processo de impeachment. Os dois tiveram uma áspera conversa há duas semanas, e a turma pedetista tenta abafar. Ambos se esforçam em esconder o racha. Lasier começou a espalhar ter dossiê escandaloso contra Lupi, que defende-se: “Ele tem o dever de apresentar”. Lasier confirma a discussão. Recuou no ataque, por ora, mas admite “restrições” em relação a Lupi e que “lavamos roupa suja”.

Fala mansa

De súbito, Lasier passou ao estilo paz e amor. “Estou numa fase que não quero conflito com o PDT, quero paz”. Diz que ele e Lupi já estão tentando se ajeitar.

Na canetada

O senador sabe onde pisa. Se Lupi quiser, expulsa-lhe do partido, porque a Executiva baixou determinação para apoio incondicional a Dilma. Lupi já expulsou um deputado.

Euuu!

Lupi anda anunciando a virada de voto de outro senador do partido: Acir Gurgacz (RO), mas o parlamentar nega e afirma que não tem posição fechada.

Fator Teori

A Operação Senatus naufragou há dias, quando o ministro Teori Zavascki segurou o pedido de prisão de José Sarney, Romero Jucá, Eduardo Cunha e Renan Calheiros. De uma forma a pressionar a Corte, alguém vazou a informação para a imprensa. Agora, a bola está com o plenário. Teori, esperto, não derruba a República sozinho.

Amarelou

Dia 7 de junho a Coluna cantou a bola de que a Procuradoria Geral da República e a PF soltariam a ‘Operação Senatus’. Mas ninguém — nem os colegas de Corte — esperava que o togado relator do STF amarelasse.

Dia do Pito

Demitido por um jornal, o AGU, Fábio Osório, fica no cargo. A decisão foi do presidente Michel Temer e do ministro Eliseu Padilha, seu padrinho, após dura conversa com o titular do cargo. Ele foi enquadrado a prestar atenção ao trabalho e baixou a cabeça.

Fritura

A Associação dos Servidores da Advocacia-Geral da União quer fritar o ministro por considerá-lo “pouco representativo”.

Bola fora

Outro tiro no pé de Osório foi abrir investigação da atuação do antecessor, José Eduardo Cardozo, na defesa de Dilma. Achou que iria receber elogios do chefe Temer, mas levou um “pito” por não tê-lo consultado antes.

Voltou o lotação

O setor aéreo quebrou no Brasil, está sobrevivendo de subsídios, financiamentos milionários e de aporte das sócias estrangeiras. Além de devolver aviões, agora sacrificam os passageiros cortando voos diretos.

Canseira Air

Alguns exemplos. Para o passageiro de Boa Vista (RR) viajar a Manaus, logo ‘ao lado’, precisa embarcar num voo para Brasília, onde faz conexão de até três horas, e depois ‘subir’ para a capital do Amazonas. O trajeto de 8 horas era feito em 1 hora antes.

AeroParador

Em Rio Branco (AC), uma companhia cancelou voo para Porto Velho (RO) alegando cortes. A viagem sem conexão de 45 minutos, direta, passou para 11 horas, via Brasília, numa conexão de cinco horas.

Conta salgada

O presidente da OAB de Sergipe, Henri Clay, ingressou com ação civil pública na Justiça federal de Sergipe contra o aumento de 300% aplicado pela Secretaria do Patrimônio da União sobre a taxa de Marinha. A ação foi distribuída à juíza Telma Maria Santos Machado, da 2ª Vara da Justiça Federal de Sergipe.

Alívio

A briga é grande e de longa data, mas há vitórias pontuais. Lei recente de autoria do deputado Laércio Oliveira, sancionada pela presidente Dilma, reduziu o imposto de transmissão da propriedade relativo a terreno de marinha de 5% para 3%.

Mais braçadas

A escolha do nadador Luiz Lima para Secretário de Alto Rendimento do Ministério do Esporte rendeu elogios na imprensa esportiva, pelo perfil do atleta.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Roberto1776 disse:

    Votei no Lasier, homem respeitado no RS que não se deixa levar por populistas brizolistas, mas nunca se entendeu essa afeição de Lasier ao brizola et caterva. Dizem que foi em memória de seu pai. Mas errou ao se associar a esta sigla quase tão maldita quanto o patê. LASIER, CAIA FORA DESTA ARAPUCA, pelo amor de Deus!.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *