Início » Internacional » Índia não pretende ceder na Rodada de Doha
Negociações

Índia não pretende ceder na Rodada de Doha

O ministro do Comércio indiano, Kamal Nath, afirmou que a Índia não mostrará flexibilidade na Rodada de Doha. Nath declarou que não quer que agricultores sofram com um possível acordo de liberação em Genebra e que está mais preocupado com a segurança do país. O ministro se queixa dos países ricos, que não fizeram concessões para tentar fechar o acordo.

Na reunião com os 152 países da Organização Mundial do Comércio, na última segunda-feira, houve um impasse no campo industrial sobre a demanda dos Estados Unidos de firmar acordos em setores específicos para a eliminação rápida de tarifas. Muitos negociadores acreditam que, nas discussões da semana que vem, esse se tornará um problema semelhante ao das preservações agrícolas, que gerou polêmica em julho. Na reunião da OMC, um consenso destruiu a proposta do México de compensar países que participem dos acordos setoriais.

O ministro brasileiro das Relações Exteriores, Celso Amorim, quer que o acordo saia ainda em 2008. Muitos países têm pressionado o presidente da OMC, Pascal Lamy, que é candidato a um novo mandato de quatros anos para o cargo, para que feche o acordo até o fim deste ano.

Fontes:
Valor - Índia avisa que não fará concessões na negociação da Rodada Doha

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Evandro Correia disse:

    Esse boboca do Celso Amorim falar em ter o acordo fechado este ano é ridículo! Não tem a menor chance! Nossa política externa está sendo comandada por um trio: "os 3 patetas". Celso Amorim, Marco Aurélio "top-top" Garcia e o malucóide Pinheiro Guimarães.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *