Início » Internacional » A beligerância é maior. O poderio, nem tanto.
Rússia

A beligerância é maior. O poderio, nem tanto.

A aventura da Rússia na Geórgia pode ter sido uma tentativa de demonstrar a restauração do seu poderio militar, mas mostrou também um fraco resultado diante dos recentes aumentos das despesas com a defesa.

Em números absolutos, estas depesas duplicaram desde 2004, mas grande parte dos rublos extras foi devorada pela inflação. Sendo como for, o investimento em defesa é apenas uma fração do que é gasto pelos EUA. Dmitry Medvedev anunciou que reformar e reequipar as forças armadas será uma prioridade do seu governo.

No dia 16 de setembro, Putin anunciou um aumento de 27% em 2009 nos gastos com "defesa e segurança nacional", mas muito deste dinheiro vai ser gasto na manutenção do poderio nuclear da Rússia. Durante a Guerra Fria, era o Ocidente que corria atrás da superioridade nuclear da União Soviética. Agora é o contrário.

Fontes:
Economist - Advancing, blindly

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. Evandro Correia disse:

    Os russos têm vocação para a ditadura, a crueldade e a violência. É inerente à cultura deles, junto com o alcoolismo.

  2. Milton Guimaraes disse:

    è tolice pensar assim, a Rússia nada fez mais do que ajudar um pequeno país, defender sua integridade territorial quando da invasão da Georgia, esse sim, um meliante patrocinado pelos EUA.

  3. Henrique disse:

    O Milton está correto! Os EUA com sua política ocupacional descarada estão levando o mundo inteiro à corrida armamentista,.. dinheiro este que poderia estar erradicando doenças, acabando com a fome e trazendo educação a milhões de pessoas pelo mundo. Ao contrário dos demais países subservientes a acéfalos, a Rússia se deu conta que contra esta praga chamada "Falcões" somente um equilíbrio de forças se fará respeitar.
    O Brasil que não se cuide…

  4. Lara Sossai disse:

    Santa ignorância!!!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *