Início » Economia » A economia desastrosa da Coreia do Norte
REGIME DE KIM JONG UN

A economia desastrosa da Coreia do Norte

Estudos estimam que a ditadura de Kim Jong Un seja o pior meio econômico entre todos os Estados funcionais

A economia desastrosa da Coreia do Norte
O regime não sofre as consequências do governo desastroso de Kim Jong Un (Foto: Reprodução/Internet)

Um exército forte geralmente depende da força da economia. Não na Coreia do Norte. O país tem mais soldados do que qualquer outro: 1,2 milhões em uma população de 25 milhões. Assim como um grande arsenal convencional, também tem uma dúzia de armas nucleares e gasta estimados 3 bilhões de wons coreanos por ano em um programa nuclear que envolve lançamento de foguetes e testes nucleares – o mais recente foi na semana passada, o quarto desde 2006. Ainda assim, a performance econômica nos últimos 40 anos tem sido ruim.

A maior parte dos dados econômicos da Coreia do Norte não são divulgados. Mas, até onde se sabe, hoje o PIB do país é 40 vezes menos que a da Coreia do Sul – míseros 600 wons por ano, estima a ONU. Não há nem uma sombra de dúvida que a culpa é da política desastrosa da dinastia Kim. Ainda assim, o regime de Kim Jong Un, o terceiro Kim no trono, não sofre o mesmo que a população. Ao invés disso, desvia dinheiro para si mesmo, para as elites e para o programa nuclear.

Usando a técnica de “estatísticas espelhadas”, onde se estima o comércio de um país baseado em registros de outros países, com ajustes para crescimento populacional e inflação, estima-se que a renda per capita da Coreia do Norte tem o pior ambiente para negócios de qualquer Estado funcional: pior do que Cuba, Venezuela e Zimbábue. Não há direitos de propriedade ou leis em vigência, não há comércio privado legal, e uma moeda suscetível a confisco: em 2009 o governo sumiu com as economias de um pequeno negócio, declarando que notas de dinheiro velhas eram inválidas e trocando poucas por novas.

Fontes:
The Economist-A Kim in his counting house

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. Ducan disse:

    Um pais ditador tem mais desvantagens sociais que beneficios. Vivendo num mercado fechado, dificulta sobremaneira a competiticao do pais no comercio….etc.

  2. helo disse:

    Ideologias ou idéias radicais sempre geram atrasos. O ditador coreano não tem dúvidas, nem o terrorista do isla. Esse pensamento gera conflitos, guerras e miséria. Aqui na república da banana, ou da mandioca, não estamos tão distantes.

  3. Ludwig Von Drake disse:

    É um país onde não há … bananas. Certo dia a televisão mostrou um menino norte-coreano que não sabia comer uma.

  4. rogers disse:

    O jornalista comparou com Cuba, Venezuela e Zimbábue. Acho que, se incluir o Brasil na lista, a Coreia do Norte fica por cima.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *