Início » Internacional » A podre oligarquia da Grécia
Democracia grega

A podre oligarquia da Grécia

Pequenos grupos políticos e empresariais controlam poder público grego de acordo com seus interesses

A podre oligarquia da Grécia
Políticos gregos deveriam honrar as raízes democráticas do país (Reprodução/Internet)

Democracia é como uma bicicleta: é preciso continuar pedalando para não cair. Infelizmente, a bicicleta da democracia grega há muito está quebrada. Em 1974,  após o colapso da junta militar que comandava o país, a Grécia criou um modelo híbrido e diluído de democracia. Embora todos possam votar, se filiar a um partido e protestar, os poderes políticos mais importantes são restritos a um pequeno grupo.

Muita coisa sobre a crise da Grécia tem sido mantida fora dos noticiários. A crise se tornou um verdadeiro campo de batalha de interesses e ideologias, que ameaçam o estado de bem-estar social e o já problemático poder público. Sim, na Grécia o poder público é algo extremamente disfuncional. Nos últimos 40 anos, membros dos partidos no poder distribuíram cargos políticos a aliados, independentemente de suas qualificações.

Leia também: As economias com os maiores crescimentos e retrações de 2013
Leia também: Grécia respira mais aliviada

Contudo, o principal problema do setor público grego é uma pequena elite de “empresários” que vive às custas do Estado grego e que se consideram “empreendedores”. Eles subornam políticos para obter gordos contratos com o governo, geralmente a preços superfaturados. Além disso, eles também detêm muitos dos veículos de comunicação do país e chegam a comprar times de futebol para esconder seus crimes atrás do apoio popular.

Em 2011, Evangelos Venizelos, ex-ministro de Finanças e atual lider do partido socialista Pasok, instituiu um novo imposto sobre a propriedade imobiliária. Porém, para aqueles que possuem propriedades com mais de 2 mil metros quadrados o imposto foi reduzido em 60%. Venizelos deixou de fora a única parcela da população que poderia arcar com o novo imposto: os ricos. Vale lembrar que Venizelos também foi responsável pela lei que garante ampla imunidade a ministros do governo.

Esse tipo de manobra ardilosa acontece há décadas na Grécia, mas a população é privada da informação graças ao fato dos canais de televisão, jornais e sites de notícias online serem controlados pela elite econômica e política.

A população grega dever consertar sua bicicleta da democracia, exigindo o fim da corrupção. Jornalistas devem resistir à manipulação e redescobrir o seu papel como profissionais da informação. Para finalizar, ao invés de impedir a mensagem, o governo deve ressuscitar sua antiga herança democrática.

Fontes:
The New York Times-Greece’s Rotten Oligarchy

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Miralis disse:

    Noossa!!! Parece que que já vi esse filme aqui pelo Brasil!!!…..hehehe…..

  2. Alice disse:

    Interessante… Esse meio deve se espalhar a muitos países e não só na Grécia. Se duvidar ta no Brasil e a gente nem sabe.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *