Início » Internacional » A retirada das carruagens de Nova York
Vida em Nova York

A retirada das carruagens de Nova York

As tensões aumentam entre Bill de Blasio e as empresas concessionárias das carruagens puxadas por cavalos em Nova York

A retirada das carruagens de Nova York
As pesquisas de opinião revelaram que dois terços dos nova-iorquinos desaprovam a proibição (Reprodução/Internet)

As carruagens são curiosas, com enfeites dourados e flores de plástico, e exalam um cheiro penetrante no Central Park South. Os turistas pagam felizes $50 por um passeio. Mas Bill de Blasio, o prefeito de Nova York, quer tirar as carruagens das ruas da cidade.

A seu pedido dois vereadores apresentaram um projeto de lei em 8 de dezembro, com o objetivo de proibir o serviço de concessão das carruagens na cidade. As organizações de defesa de animais ficaram contentes com a iniciativa do prefeito, mas os cocheiros estão furiosos, assim como o sindicato Teamsters, que os representa.

Os cavalos, dizem os cocheiros são bem tratados. Eles têm cinco dias de férias por ano, mais do que muitos nova-iorquinos. Por lei, não podem trabalhar quando faz frio demais (abaixo de 8ºC) ou muito calor (acima de 32ºC). Os cavalos comem feno com “livre escolha”, são escovados todos os dias, e os cascos e dentes são examinados com regularidade. Os estábulos espaçosos são inspecionados e limpos com frequência, ao contrário das ruas da cidade.

As pesquisas de opinião revelaram que dois terços dos nova-iorquinos desaprovam a proibição. Porém, apesar dos protestos, o prefeito está irredutível.

Fontes:
The Economist-Mayor v mares

2 Opiniões

  1. Joma Bastos disse:

    A solução é substituir nas carruagens os cavalos por motores elétricos!?

  2. olbe disse:

    Difícil decidir. os dois lados tem razão…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *