Início » Internacional » A violência doméstica na China
Violência

A violência doméstica na China

Em uma iniciativa inédita do governo da China, por fim, a violência doméstica será punida no país

A violência doméstica na China
O Conselho de Estado apresentou o primeiro projeto de lei da China contra a violência doméstica (Reprodução/Internet)

Por mais de uma década o movimento de luta pelos direitos das mulheres na China tentou que o governo criasse uma lei para garantir mais proteção às mulheres. Em 25 de novembro, o Conselho de Estado apresentou o primeiro projeto de lei da China contra a violência doméstica. Por fim, o governo fez uma tentativa séria para enfrentar um problema endêmico no país.

Muitas famílias chinesas sofrem com a violência doméstica. De acordo com um relatório da Federação Nacional das Mulheres da China, uma ONG estatal, quase 40% das mulheres casadas ou que têm um namorado já sofreram agressões físicas ou sexuais. E aproximadamente 53% de meninos e 34% de meninas são submetidos a maus-tratos físicos pelos pais. Só 7% das pessoas atingidas pela violência doméstica procuram a polícia.

Até há pouco tempo a agressão física não era considerada uma justificativa plausível de pedido de divórcio na China. A lei que regulamenta o casamento civil no país foi retificada em 2001 para proibir a violência doméstica, mas esse tema tinha uma definição vaga e não existia uma diretriz nacional para lidar com os agressores.

Fontes:
The Economist-Home truths

2 Opiniões

  1. marisa disse:

    Tecnologia letal em mãos criminosas

    Remoto neural monitoramento por satélite terrorismo no Brasil

    Os cérebros dos brasileiros estão sendo conectados à satélites para fins de tortura e assassinato e o governo continua ignorando os fatos, essa tecnologia por satélite é controlada por uma rede global de criminosos esses adentram o cérebro humano 24hs a conexão pode vir de várias pessoas ao mesmo tempo leitura do córtex visual através da interface cérebro computador utilizando antenas de telefonia satélites e o cérebro humano. Essa arma sonora é perigosa através dela é possível inserir todo tipo de ruídos direto no crânio da vítima e o monitoramento constante de todos os pensamentos, sonhos e memórias. Não exagero em dizer que os casos são tão horrendos quanto aos praticados pelos médicos nazi em especial Dr Menguele na segunda guerra mundial, as vítimas são atormentadas 24hs ano após ano sem terem o direito de defesa. Fontes V2K tecnologia, Voice to Skull, nano implant brain radar, microwaves in remote neural monitoring, psychotronic weapons, gang stalking, target individual, telepatia sintética. Já existem inúmeras vítimas no nosso país isto está acontecendo no mundo todo.

  2. Joma Bastos disse:

    Finalmente uma lei para proteger a família chinesa.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *