Início » Internacional » Alberto Fernández é o novo presidente da Argentina
ARGENTINA

Alberto Fernández é o novo presidente da Argentina

Fernández, que tem Cristina Kirchner como vice na chapa, garantiu a vitória ainda no primeiro turno, derrotando o atual presidente Mauricio Macri

Alberto Fernández é o novo presidente da Argentina
Com 97,58% das urnas apuradas, a chapa de Fernández totalizava mais de 48% dos votos válidos (Foto: Alberto Fernández/Twitter)

O peronista Alberto Fernández foi eleito, no último domingo, 27, o novo presidente da Argentina. Fernández integra a chapa presidencial com a ex-presidente Cristina Kirchner.

Fernández garantiu a vitória ainda no primeiro turno, derrotando o então presidente Mauricio Macri. Com 97,58% das urnas apuradas, a chapa Frente de Todos, de Fernández e Kirchner, totalizava mais de 48% dos votos válidos. Macri somava 40,45%.

Em seu discurso, Fernández, ao lado de Kirchner, celebrou a vitória, parabenizou o presidente boliviano, Evo Morales, pela reeleição e manifestou desejos de ver o ex-presidente Lula fora da cadeia. Para Fernández, Lula está “injustamente preso”.

Agora, a eleição de Fernández na Argentina tem sido vista como uma possível mudança de rumos na América Latina. Após a ascensão de diferentes líderes de perfil conservador, as eleições de Fernández e de Morales têm potencial para uma nova onda progressista, segundo analistas.

No entanto, a vitória também pode iniciar uma instabilidade política entre Brasil e Argentina. Em diferentes momentos, o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, deixou claro seu apoio ao chefe de Estado argentino, Mauricio Macri, se posicionando contrário à possibilidade de vitória da chapa de Kirchner.

Na última semana, durante sua viagem a Tóquio, no Japão, Bolsonaro voltou a falar sobre as eleições argentinas. O presidente brasileiro, na ocasião, ameaçou isolar a Argentina no Mercosul no caso de vitória de Fernández e Kirchner. Em outros momentos, o ministro da Economia, Paulo Guedes, já falou da possibilidade de abandonar o bloco econômico.

Já nesta segunda-feira, 28, em viagem pelos Emirados Árabes, Bolsonaro “lamentou” a ascensão da chapa de Kirchner ao poder. O presidente brasileiro disse que não vai parabenizar o novo chefe de Estado argentino, mas defendeu esperar para ver qual posicionamento o novo governo da Argentina vai ter.

Fontes:
O Globo-Alberto Fernández derrota Macri e vence em primeiro turno na Argentina
Folha de São Paulo-Bolsonaro 'lamenta' eleição de Fernández e diz que não vai cumprimentar argentino

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Marcellus disse:

    Mais um poste, enfim antes lá do que aqui.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *