Início » Internacional » Além dos suspeitos de costume
Empresas e direitos humanos

Além dos suspeitos de costume

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Um relatório da Comissão Internacional de Juristas (ICJ, na sigla em inglês), divulgado no dia 19 de setembro, amplia a interpretação de como as empresas podem se tornar cúmplices de violações das leis penais e civis.

Geralmente, o esterótipo de uma companhia acusada de violações dos direitos humanos remete a empresas do setor extrativista que operam em países instáveis, onde o governo é fraco e a corrupção, galopante.

O relatório da ICJ — que é formada por juízes, advogados e acadêmicos — dá outros exemplos, que vão desde empresas de tecnologia que colaboram com autoridades no monitoramento de grupos minoritários para fins de discriminação até o empréstimo de máquinas de demolição, que serão utilizadas para derrubar casas, passando pelo pagamento de impostos para governos de reputação duvidosa.

Fontes:
Economist - Companies and human rights: Not the usual suspects

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *