Início » Internacional » Alemanha veta votação turca sobre pena de morte
REFERENDO PROIBIDO

Alemanha veta votação turca sobre pena de morte

Chanceler alemã afirma que país não é obrigado a realizar votação à qual se opõe 'categoricamente'

Alemanha veta votação turca sobre pena de morte
'Por quê existiria uma autorização quando não somos obrigados?', questionou Angela Merkel (Fonte: Reprodução/Wikimedia Commons)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Em declaração à radio regional WDR, a chanceler alemã, Angela Merkel, rejeitou a possibilidade de ser realizada uma campanha turca no território da Alemanha para um referendo sobre o retorno da pena de morte na Turquia.

Leia também: Turquia amplia poderes do presidente
Leia também: Turquia corre o risco de se tornar uma ditadura

“A pena de morte é algo que rejeitamos categoricamente. Por quê existiria uma autorização quando não somos obrigados? Não o faremos”, afirmou Angela Merkel nesta terça-feira, 9.

O governo da Alemanha já havia sinalizado na semana passada que não permitiria uma consulta em seu território caso a Turquia decidisse organizar um referendo sobre o tema. Atualmente, 1,4 milhão de eleitores turcos vivem na Alemanha. Essas pessoas são autorizadas a votar nas eleições e nos referendos turcos em embaixadas ou consulados em território alemão.

O porta-voz do governo alemão, Steffen Seibert, ressaltou na última semana que “politicamente não é concebível que autorizemos tal consulta sobre uma medida em clara oposição a nossa Constituição e nossos valores europeus”.

A possibilidade de organizar um referendo sobre o restabelecimento da pena capital na Turquia foi admitida no mês passado pelo presidente do país, Recep Tayyip Erdogan. A medida, no entanto, possivelmente inviabilizaria a adesão da Turquia à União Europeia.

Fontes:
G1 - Merkel descarta campanha turca na Alemanha para referendo sobre pena de morte

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *