Início » Internacional » Americano que desapareceu no Irã trabalhava para a CIA
missão secreta

Americano que desapareceu no Irã trabalhava para a CIA

Robert Levinson, agente aposentado do FBI que desapareceu em 2007 no Irã, na verdade estava trabalhando em missão especial da CIA

Americano que desapareceu no Irã trabalhava para a CIA
Na época do desaparecimento, governo americano disse que agente estava em viagem de negócios (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Um americano que desapareceu no Irã há sete anos estava, na verdade, trabalhando para uma missão de inteligência da CIA.

Robert Levinson, agente aposentado do FBI, desapareceu em 2007 na ilha de Kis, no Irã. Na época, informações dadas pelo governo americano disseram que Levinson era um cidadão que foi ao Irã em uma viagem de negócios.

A revelação foi feita pela agência de noticia Associated Press (AP). A AP disse ter adiado a publicação da notícia três vezes, por recomendação do governo americano, que esperava que o agente retornasse ao país em segurança.

Como os esforços para encontrar e libertar o agente falharam, a agência decidiu publicar a notícia. Segundo a AP, três analistas da CIA violaram regras ao contratar Levinson para coletar informações de inteligência no Irã. A agência de inteligência chegou a pagar US$ 2,5 milhões à família de Levinson.

Embora mantido em segredo durante muito tempo, o desaparecimento do agente foi um dos mais graves escândalos da história da CIA. Quando o Congresso americano descobriu o ocorrido, a agência despediu os três analistas e puniu outros sete com medidas disciplinares. O paradeiro de Levinson é desconhecido.

 

Fontes:
NPR-American Who Disappeared In Iran Reportedly Worked For CIA

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *