Início » Economia » Americanos consomem mais enlatados
Crise

Americanos consomem mais enlatados

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Criada em 1937, pelo empresário Jay Hormel, o Spam, uma presuntada de carne de porco com muito tempero, se tornou um símbolo da recessão e da guerra para os americanos.

Na alimentação das famílias pobres na Grande Depressão dos anos 30 e das tropas americanas na II Guerra Mundial, o Spam era o prato principal. Ele era e continua sendo nos EUA a forma mais barata de obter proteína – uma lata de 340 gramas custa US$ 2,40. No entanto, com a prosperidade sem igual das últimas décadas, o Spam sumiu da vida da classe média.

A crise econômica atual está fazendo com que o Spam volte às prateleiras dos supermercados. Os donos não dizem quanto aumentou a venda, mas desde julho a principal fábrica do produto, a Hormel, em Austin, no estado de Minnesota, trabalha de domingo a domingo e abate 19 mil porcos por dia.

Fontes:
Veja - SARDINHA DE AMERICANO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Francisco Marcio disse:

    Quando era criança comi muita presuntada enlatada — era muito bom.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *