Início » Cultura » Americanos que abandonaram o catolicismo não pensam em voltar
Pesquisa

Americanos que abandonaram o catolicismo não pensam em voltar

Segundo pesquisa, 77% dos americanos que se afastaram do catolicismo não pensam em voltar a praticar a religião

Americanos que abandonaram o catolicismo não pensam em voltar
Dos americanos que se afastaram da religião, apenas 11% retornam (Foto: Pixabay)

De acordo com um novo estudo do Pew Research Center sobre o catolicismo nos Estados Unidos, a maioria dos americanos criados na religião, mas que se afastaram – mais precisamente, 77% -, não se imaginam voltando a praticar a religião. A pesquisa foi liberada nesta quarta-feira, 2, semanas antes da primeira visita do Papa Francisco ao Estados Unidos.

Ao todo, 45% dos americanos entrevistados dizem ser católicos ou ser conectados à religião de alguma forma. Esta porcentagem inclui “católicos culturais” (9% dos entrevistados), que não praticam o catolicismo, mas se identificam com a religião; e “ex-católicos” (também 9%), que já foram católicos, mas não se identificam mais com a religião em nenhum aspecto. E outros 8% disseram que são conectados ao catolicismo de alguma forma, como, por exemplo, tendo um membro da família ou um cônjuge praticante.

De acordo com a pesquisa, cerca de metade daqueles que foram criados católicos acabam se afastando em algum momento, enquanto cerca de 11% dos que se afastam, voltam.

O estudo também chamou a atenção para o modo que os americanos enxergam temas como família, sexo e casamento em comparação com os ensinamentos da Igreja Católica. Quando perguntados se acham que a igreja deveria mudar sua posição em relação a uma variedade de assuntos, uma larga porcentagem (76%) expressou desejo de que fosse permitido  o uso de contraceptivos. Em relação ao casamento de padres, 62% disseram ser a favor e que a igreja deveria permitir pessoas divorciadas a receber comunhão.

Dos católicos entrevistados, 59% acham que mulheres deveriam ter o direito de entrar para o clero e ocupar cargos equivalentes aos dos padres. Por outro lado, apenas 46% acreditam que a igreja deve permitir o casamento gay.

Fontes:
The Washington Post - Vast majority of U.S. Catholics who left the church can’t imagine returning, study says

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *