Início » Internacional » Arábia Saudita planeja atenuar sua imagem negativa no mundo
ORIENTE MÉDIO

Arábia Saudita planeja atenuar sua imagem negativa no mundo

País planeja criar centros de relações públicas na Europa e na Ásia para conter a cobertura negativa da mídia sobre o reinado

Arábia Saudita planeja atenuar sua imagem negativa no mundo
A Arábia Saudita é um dos quatro estados árabes que estabeleceram o embargo contra o Catar (Foto: Pixabay)

A Arábia Saudita planeja criar centros de relações públicas na Europa e na Ásia como parte de uma nova ofensiva para conter a cobertura negativa da mídia sobre o reinado. A proposta ocorre depois de Riade (capital do país) liderar o embargo contra o Catar. O país também enfrenta críticas por conta da guerra no Iêmen. A Arábia Saudita é acusada de bombardear alvos civis.

Os centros devem ser feitos ainda neste mês em Londres, Berlim, Paris e Moscou, segundo um documento do governo, acessado pelo jornal Financial Times. O objetivo é “promover a mudança de imagem da Arábia Saudita para o resto do mundo e melhorar a percepção internacional do reinado”, diz o documento.

O documento também diz que a iniciativa pode ser expandida para Pequim, Tóquio e Mumbai, além de outras cidades grandes no próximo ano.

O reinado conservador batalha há anos para conseguir melhorar a imagem no Ocidente. O país é acusado de promover uma forma extrema do islã, o wahabismo, e também é criticado pela forma que trata as mulheres, que são proibidas até de dirigir.

Riade está liderando uma coalizão do estados sunitas que lutam contra os rebeldes houthis no Iêmen, num conflito que já entra em seu terceiro ano. Esta é uma das piores crises humanitárias do mundo atual, milhões enfrentam falta de comida e risco de cólera.

A Arábia Saudita é um dos quatro estados árabes que estabeleceram o embargo contra o Catar, contribuindo para pior crise diplomática do Golfo em décadas.

A aposta para melhorar a imagem do reinado faz parte da agenda ambiciosa de reformas do príncipe Mohammed Bin Salman, que pretende modernizar a economia, atrair investimento estrangeiro e reduzir a dependência de petróleo.

Os centros globais de relações públicas sauditas devem produzir releases, publicar conteúdo nas redes sociais, além de convidar influenciadores digitais para visitar a Arábia Saudita. Os centros também vão promover a cultura saudita através de exibições de arte e discussões religiosas.

Fontes:
Financial Times-Saudi Arabia to launch global PR offensive to counter negative press

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *