Início » Internacional » Arábia Saudita sofre com avanço de vírus mortal
Surto de MERS

Arábia Saudita sofre com avanço de vírus mortal

Surto da Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) afeta principalmente a cidade de Jeddah, a segunda maior do país

Arábia Saudita sofre com avanço de vírus mortal
População mudou hábitos e evita apertar as mãos e compartilhar utensílios (Reprodução/AFP)

A Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) continua avançando na Arábia Saudita. Na última quarta-feira, 23, órgãos de saúde do país anunciaram 11 novos casos da doença, elevando para 48 o número de pessoas infectadas nos últimos cinco dias.

Leia mais: Vírus mortal se alastra pelo Golfo Pérsico
Leia mais: A busca pela origem da síndrome respiratória do Oriente Médio

Para ter uma ideia da rapidez com que a doença está se espalhando, nos últimos 18 meses foram diagnosticados 272 casos da doença, dos quais 83 infectados morreram, incluindo pessoas de várias nacionalidades.

Embora os primeiros casos da doença tenham aparecido no leste do país, Jeddah é atualmente a cidade mais afetada pela MERS. Nos últimos dias foram registrados 21 novos casos da doença. Assustada, a população mudou os hábitos e evita apertar as mãos e compartilhar utensílios.

Por ser um centro econômico do país e o principal ponto de passagem de peregrinos para Meca, o surto de MERS em Jeddah pode prejudicar a economia da Arábia Saudita.

O governo afirma estar sendo o mais transparente possível em suas declarações. Mas muitos sauditas acreditam que o número de casos da doença é maior do que está sendo divulgado.

No início desta semana, o rei Abdallah demitiu o ministro da Saúde, Abdullah al-Rabeeah, que durante uma coletiva de imprensa disse que não fazia ideia do motivo do aumento do número de casos.

Fontes:
The Economist-Virulent

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *