Início » Internacional » Argentina descarta encontrar sobreviventes em submarino
ARA SAN JUAN

Argentina descarta encontrar sobreviventes em submarino

'Não haverá salvamento de vidas', disse o porta-voz da Marinha argentina

Argentina descarta encontrar sobreviventes em submarino
Submarino Ara San Juan desapareceu no Atlântico Sul no último dia 15 com 44 tripulantes a bordo (Fonte: Reprodução/uan Sebastian Lobos/Armada Argentina/Telam/Xinhua)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Marinha da Argentina anunciou nesta quinta-feira, 30, o fim das buscas por sobreviventes no submarino ARA San Juan, que desapareceu no Atlântico Sul no último dia 15 de novembro com 44 tripulantes a bordo.

Leia também: Marinha argentina diz que ‘não há rastros’ de submarino desaparecido

O porta-voz da Marinha, Enrique Balbi, ressaltou, no entanto, que as buscas pelo submarino irão prosseguir. “Não haverá salvamento de vidas”, disse o porta-voz, argumentando ainda que os trabalhos de resgate foram finalizados por já ter passado “mais que o dobro do tempo de busca pela tripulação” determinado pelo protocolo internacional.

Ainda não foi encontrado qualquer sinal do submarino desde o seu último contato, que ocorreu na manhã do dia 15. Desde então as operações de resgate dos tripulantes contavam com a participação de dezenas de embarcações, aviões e um contingente de quase 5 mil pessoas de diversos países.

Em sua última mensagem, o submarino ARA San Juan relatou uma entrada de água pelo sistema de ventilação, que teria provocado um curto-circuito e um princípio de incêndio na casa de baterias.

A Marinha informou na semana passada que poucas horas após a última comunicação do ARA San Juan houve uma explosão na mesma zona onde estava o submarino.

Fontes:
Uol - Argentina desiste de resgatar sobreviventes em submarino; busca por embarcação será mantida

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Antonio disse:

    O governo deu seu todos apóio

  2. Rogerio Faria disse:

    Passou perto das Falklands e foi destruído pela Royal Navy.
    Estas ilhas viraram base naval, inclusive com embarcações nucleares fundeadas.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *