Início » Internacional » As cinco substâncias mais viciantes do mundo
SAÚDE

As cinco substâncias mais viciantes do mundo

Heroína e cocaína são as drogas mais viciantes do mundo, enquanto o álcool, segundo especialistas, é a substância mais prejudicial

As cinco substâncias mais viciantes do mundo
A heroína atingiu a pontuação máxima no estudo (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Há anos debate-se quais são as substâncias químicas mais viciantes do mundo. Entre drogas sintéticas, legais e opioides, a discussão sempre esteve em aberto no campo de saúde, com evidências apontando para diferentes vertentes.

Para boa parte dos pesquisadores, o potencial para uma droga ser categorizada como viciante pode ser julgado através do dano que causa, valor, extensão da droga no sistema de dopamina, relato de sensação sobre a droga, grau de sintomas provocados pela abstinência, entre outras coisas.

Um estudo, comandado por David Nutt e outros especialistas no assunto, questionou diferentes médicos, professores e pessoas da área sobre a classificação de medicamentos que causam dependência. Dessa forma, Nutt listou as cinco substâncias mais viciantes.

 

Heroína

(Foto: Wikimedia/Psychonaught)

(Foto: Wikimedia/Psychonaught)

Para os especialistas, a heroína é a substância mais viciante do mundo. O opiáceo aumenta o nível de dopamina no sistema de recompensa do cérebro, e atingiu uma pontuação de 3 em uma escala em que as avaliações poderiam chegar a 3.

Além de viciante, a heroína também é perigosa, visto que tem alta chance de levar a óbito. De acordo com outro estudo, a heroína é a segunda substância mais nociva, ficando atrás apenas no álcool.

 

Cocaína

(Foto: Flickr/wuestenigel)

(Foto: Flickr/wuestenigel)

Estima-se que entre 14 milhões e 20 milhões de pessoas em todo o mundo usam cocaína. A droga interfere na transmissão de mensagens de um neurônio para o outro, interferindo no uso de dopamina pelo cérebro.

Em experimentos em animais, a cocaína aumentou mais de três vezes o nível de dopamina normal. Em formato de crack, a substância é categorizada como a terceira droga mais prejudicial, enquanto a cocaína em pó é classificada como a quinta. Ainda segundo os especialistas, pelo menos 21% das pessoas que consomem cocaína se tornarão dependentes.

 

Nicotina

(Foto: Pixabay)

(Foto: Pixabay)

A nicotina está presente em cigarros de tabaco, sendo o principal ingrediente viciante. A substância é absorvida pelos pulmões e carregada até o cérebro. Mais de dois terços dos americanos que já fumaram se tornaram dependentes da substância durante a vida.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabaco mata mais de 8 milhões de pessoas anualmente, número que deve se manter até 2030. A nicotina faz com que os níveis de dopamina no cérebro aumentem entre 25% e 40%.

 

Barbitúricos 

 

(Foto: Wikimedia/Elizabeth Roy)

(Foto: Wikimedia/Elizabeth Roy)

São tipos de drogas que, inicialmente, foram desenvolvidas para tratar a ansiedade e induzir o sono. Isso porque a substância interfere no cérebro, causando um efeito de “desligamento” em diferentes regiões. Em doses baixas, os barbitúricos causam euforia.

A dependência da substância já foi mais comum, quando era possível ter acesso à droga através de prescrição médica. No entanto, devido à substituição por outros medicamentos, o acesso diminuiu. Para os especialistas entrevistados pelo estudo, os barbitúricos são a quarta substância mais viciante.

 

Álcool

(Foto: Pixabay)

(Foto: Pixabay)

Segundo a escala do estudo, o álcool atingiu uma pontuação de 1,9 na escala, sendo apontado como a quinta substância mais viciante do mundo. O álcool atua no cérebro, mas em níveis diferentes, variando da quantidade ingerida. Em testes de laboratórios em animais, os níveis de dopamina variaram entre 40% e 360%.

Aproximadamente 22% das pessoas que ingerem bebida alcoólica vão se tornar dependentes, segundo estudos. De acordo com a OMS, mais de 3 milhões de pessoas morreram devido aos danos causados pelo álcool. A substância é apontada como a mais prejudicial por alguns especialistas.

 

Leia também: Filadélfia terá espaço livre para consumo de drogas em 2019

Fontes:
CNN-The five most addictive substances in the world

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *