Início » Vida » Comportamento » As mulheres ainda preferem homens empregados
Casamento

As mulheres ainda preferem homens empregados

Pesquisa mostra que 78% das americanas procuram maridos com ‘emprego estável’

As mulheres ainda preferem homens empregados
Mudanças radicais no mercado de trabalho somadas a preferências antigas têm abalado os casamentos (Reprodução/Internet)

Os personagens da romancista inglesa Jane Austen acreditavam que homens com dinheiro faziam maridos melhores. Um novo estudo do Centro de Pesquisa Pew mostra que pouca coisa mudou. Hoje 78% das americanas solteiras dizem que é”muito importante” que o seu futuro marido tenha um “emprego estável”. Em comparação, apenas 46% dos homens se importam com o emprego da sua futura mulher.

Mudanças radicais no mercado de trabalho somadas a preferências antigas têm abalado os casamentos. As mulheres são muito mais propensas a terem bons empregos hoje do que há meio século; homens, um pouco menos. As mulheres modernas também acham mais fácil viver sem um provedor. Como consequência, os maridos em potencial se tornaram menos atraentes.

Em 1960, para cada 100 solteiras entre 25 e 34 anos havia 139 jovens solteiros e empregados disputando sua atenção. Em 2012, este número caiu para 91.

A proporção de solteiros para solteiras varia com a idade. Há 118 homens solteiros de 25 anos para cada 100 solteiras da mesma idade, já que as mulheres são mais propensas a se casar com parceiros mais velhos. Por volta dos 40 anos, a proporção é mais ou menos igual. A partir de então, o superávit dos homens se transforma em um déficit: aos 64 anos, existem apenas 62 solteiros (com ou sem emprego) para cada 100 mulheres solteiras.

 

Fontes:
The Economist-Got to have a J.O.B.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *