Início » Internacional » Ataque a tiros em Toronto deixa três mortos e 13 feridos
ATAQUE NO CANADÁ

Ataque a tiros em Toronto deixa três mortos e 13 feridos

Polícia local ainda investiga os motivos do ataque, mas não descarta a possibilidade de ser um atentado terrorista

Ataque a tiros em Toronto deixa três mortos e 13 feridos
No momento, os policiais estão reunindo informações de possíveis testemunhas (Foto: Jeremy Cohn/Twitter)

Três pessoas morreram e outras 13 ficaram feridas em um tiroteio ocorrido em Toronto, no Canadá, na noite do último domingo, 22. Entre os mortos está o atirador, identificado como um homem branco de 29 anos, uma mulher de 18 anos e uma criança de 10 anos.

A polícia de Toronto ainda investiga os motivos do atentado, mas não descarta a possibilidade de ser um ataque terrorista. Não se sabe a gravidade dos ferimentos das pessoas, que foram encaminhadas para o hospital.

Assim que encontraram o atirador, por volta das 22h do último domingo, os policiais entraram em confronto, mas o homem conseguiu fugir. Mais tarde, a polícia o encontrou morto por um ferimento de bala. No entanto, ainda não se sabe se o tiro saiu da arma de um policial ou foi auto-infligido.

No momento, os oficiais estão reunindo informações de possíveis testemunhas. Através do Twitter, o esquadrão de homicídios da Polícia de Toronto pediu para que as testemunhas enviem fotos e vídeos do acontecimento. Uma pessoa disse à emissora CTV que testemunhou entre 20 e 30 tiros sendo disparados e quatro pessoas atingidas.

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, usou as redes sociais para lamentar o atentado e destacou a força do povo de Toronto. “Meus pensamentos estão com todos os afetados pela tragédia que aconteceu na noite passada na Avenida Danforth [em Toronto]. Desejo uma rápida recuperação aos feridos”, escreveu Trudeau.

O prefeito da cidade de Toronto, John Tory, também usou o Twitter para se pronunciar sobre o ocorrido. Tory classificou o incidente como um “ato desprezível” e “covarde”, e disse estar “indignado com o fato de alguém ter desencadeado um ataque tão terrível” na cidade. No entanto, o prefeito solicita que não sejam tiradas conclusões precipitadas, pois a polícia ainda investiga o ocorrido.

“Tenho total confiança na capacidade da nossa polícia em determinar o que aconteceu aqui. Sou grato a todos os socorristas que vieram o mais rápido possível para ajudar as pessoas após este terrível incidente”, afirmou Tory.

Apesar de rara, a violência armada tem crescido no Canadá. Em 2014, a cidade de Toronto registrou 177 tiroteios. Em 2017, esse número subiu para 395. Este ano, o número pode subir ainda mais. Até o dia 8 de julho, houve mais de 200 tiroteios em Toronto e 26 mortes. No ano passado, foram 188 tiroteios e 17 mortes.

Este não foi o primeiro atentado ocorrido no Canadá este ano. Em abril, também em Toronto, dez pessoas foram atropeladas por uma van em uma calçada. O acusado, Alek Minassian, tinha usado as redes sociais para postar mensagens hostis contra mulheres.

 

Leia também: Bomba em restaurante deixa 15 feridos no Canadá

Fontes:
The New York Times-Toronto Shooting Leaves Two Dead and 12 Injured, Police Say
CNN-Toronto gunman kills woman, injures 13, police say

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *