Início » Internacional » Ataque cibernético afeta pelo menos 74 países
HACKERS

Ataque cibernético afeta pelo menos 74 países

Grupo de hackers usou ferramenta da Agência Nacional de Segurança americana

Ataque cibernético afeta pelo menos 74 países
Os hackers do grupo Shadow Brokers roubaram a Eternal Blue, ferramenta de espionagem desenvolvida pela NSA (Foto: Pixabay)

Na última sexta-feira, 12, um ataque cibernético afetou diversos países, usando uma ferramenta que fazia parte da espionagem da Agência Nacional de Segurança Americana (NSA, na sigla em inglês).

Dezenas de milhares de computadores em pelo menos 74 países pararam de funcionar. O Ministério do Interior da Rússia, a espanhola Telefónica e o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido foram alguns dos afetados.

Basicamente, os hackers do grupo Shadow Brokers roubaram a Eternal Blue, ferramenta de espionagem desenvolvida pela NSA, e um ramsomware conhecido como WannaCry. Um ransonware bloqueia o computador até que seja introduzido um código mediante pagamento. A mensagem que aparece nos computadores é que se o pagamento não for feito, todas as informações vão ser destruídas. Em geral o pagamento é feito com a moeda virtual Bitcoin, que não é rastreável.

Segundo o Washington Post, uma autoridade americana em condição de anonimato disse que a NSA já havia avisado a Microsoft sobre a ameaça. A empresa consertou o problema de segurança em março antes do Shadow Brokers divulgarem o código publicamente em abril. No entanto, parece que a correção continha algumas inconsistências, deixando alguns computadores vulneráveis. Os computadores que não receberam o update da Microsoft foram atacados. As autoridades de saúde do Reino, por exemplo, não sabem quando o sistema vai voltar ao normal ou se vão perder os dados dos seus pacientes.

O ataque revelou a vulnerabilidade da internet e a importância de se trabalhar o mais rápido possível na segurança cibernética.

Fontes:
The Washington Post-Malware, described in leaked NSA documents, cripples computers worldwide
Sputnik-Mídia: ferramenta roubada da NSA foi usada em ciberataque global desta sexta-feira
O Globo-Como um programa da NSA virou arma de hackers em busca de dinheiro

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Natanael Ferraz disse:

    Quem garante que não foram as forças armadas de algum país poderoso testando seus mecanismos de guerra eletrônica e cibernética?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *