Início » Internacional » Atentado deixa mais de 230 mortos no Egito
ATAQUE EM MESQUITA

Atentado deixa mais de 230 mortos no Egito

Atentado com bombas e tiros deixou pelo menos 235 mortos e 125 feridos em uma mesquita

Atentado deixa mais de 230 mortos no Egito
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do ataque (Foto: Twitter)

Pelo menos 235 pessoas morreram e mais de 125 ficaram feridas após a explosão de uma bomba seguida de um ataque a tiros na mesquita da aldeia Al-Rawdah, em Bir al-Abed, no Egito. O atentado ocorreu na manhã desta sexta-feira, 24.

Até o momento, acredita-se que pelo menos um homem-bomba esteve envolvido no ataque. As explosões ocorreram dentro da mesquita, ao fim das orações. Enquanto as pessoas fugiam, homens armados, que estavam em quatro carros, começaram a disparar contra a multidão, causando inúmeras mortes.

Permanecendo no local mesmo após o resgate chegar, os autores do ataque também dispararam contra as ambulâncias.

Imediatamente após o atentado, o presidente do Egito, Abdel Fattah el-Sisi, convocou uma reunião de emergência e já declarou luto oficial de três dias pelas vítimas do ataque. Ninguém assumiu a autoria do ataque até o momento.

Região de conflitos

Nos últimos três anos, o local onde ocorreu o ataque tem sofrido com os confrontos entre forças de segurança do governo egípcio e membros do Estado Islâmico (Isis). Além disso, a mesquita atacada é do sufismo, uma vertente do islamismo que não é bem aceita por grupos extremistas religiosos. Os fiéis que frequentam a mesquita têm sido ameaçados pelo Isis nos últimos meses.

As autoridades egípcias vêm tentando conter a onda de violência no Sinai, região onde fica a mesquita atacada, contando com a ajuda de uma iniciativa de paz palestina, que envolve o Hamas – grupo militante que controla Gaza.

Em 2014, um atentado suicida deixou 31 soldados mortos, fazendo com que o presidente Abdel Fattah el-Sisi declarasse “estado de emergência” na península do Sinai.

Fontes:
Al Jazeera - Deadly blast strikes mosque in Egypt's Sinai
New York Times - At Least 184 Killed in Attack at Mosque in Egypt

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *