Início » Internacional » Baltimore enfrenta crescente onda de violência
Estados Unidos

Baltimore enfrenta crescente onda de violência

De meados de abril até junho já foram registrados 80 homicídios na cidade

Baltimore enfrenta crescente onda de violência
Protesto em Baltimore após morte de jovem negro (Fonte: Reprodução/Getty Images)

A cidade norte-americana de Baltimore vive uma onda de violência sem precedentes após a morte do jovem negro Freddie Gray, em abril deste ano.

Leia também: Jovens estão descontentes com a cobertura midiática sobre as manifestações de Baltimore

De meados de abril até junho já foram registrados 80 homicídios na cidade. No mesmo período de 2014 foram 42. O número também é muito superior aos 53 registrados em todo o ano de 2013, dos 48 em 2012, e dos 45 em 2011.

Após os intensos protestos e episódios de violência em decorrência da morte do jovem que estava sob custódia da polícia, o mês de maio registrou 43 homicídios, a maior marca mensal desde 1971. Na época, a cidade tinha cerca de um terço a mais de população que atualmente.

A crescente onda de violência em Baltimore, a maior cidade do estado de Maryland, levou à demissão nesta quinta-feira, 9, do chefe de polícia local, Anthony Batts. O policial vinha sendo acusado de não apoiar a corporação que comandava e ainda criticado por suas ordens de não agir contra os manifestantes violentos.

De acordo com a prefeita de Baltimore, Stephanie Rawlings-Blake, nas últimas semanas, o debate sobre a liderança de Batts à frente do departamento de polícia se tornou “uma distração” na luta contra a violência.

Apesar do aumento significativo do número de homicídios na cidade, a quantidade de detenções diminuiu drasticamente. Muitos afirmam que houve um relaxamento dos agentes em suas funções, uma vez que eles teriam perdido a confiança em Batts.

A polícia diz que quando tenta deter algum suspeito é cercada pela população que tentar evitar a prisão e gravar a atuação dos agentes com seus telefones celulares.

Alguns policiais também temem enfrentar acusações criminais como os seis agentes supostamente envolvidos na morte do jovem Freddie Gray. Com isso, muitos estariam evitando atuações além do necessário.

Apesar de a crescente onda de violência em Baltimore estar sendo associada à morte de Gray, outras cidades dos EUA também têm enfrentado situações parecidas. É o caso de Nova Iorque e Chicago, que tiveram um aumento de até 20% no número de homicídios.

Fontes:
Uol - Baltimore vive onda de violência sem precedentes após morte de Gray

1 Opinião

  1. jayme endebo disse:

    Aqui a gente mata essa quantidade por hora, vem pro Brasil aprender a aumentar as estastísticas

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *