Início » Internacional » Bashar al-Assad quer se encontrar com Kim Jong-un
SÍRIA E COREIA DO NORTE

Bashar al-Assad quer se encontrar com Kim Jong-un

Presidente sírio quer se encontrar com Kim Jong-un na Coreia do Norte. Vladimir Putin convida o líder norte-coreano a visitar a Rússia

Bashar al-Assad quer se encontrar com Kim Jong-un
Assad também teria expressado a certeza de que 'a reunificação das coreias será alcançada' (Fonte: Reprodução/Kremlin)

O presidente da Síria, Bashar al-Assad, quer visitar a Coreia do Norte e se encontrar com Kim Jong-un. A informação foi divulgada neste domingo, 3, pela mídia norte-coreana.

Leia também: Membro do governo da Coreia do Norte viaja aos EUA
Leia também: Coreia do Norte anuncia fim de centro de testes nucleares

O desejo de se encontrar com Kim Jong-un teria sido expressado durante a cerimônia, no último dia 30, de entrega de credenciais de novos diplomatas norte-coreanos em Damasco, na Síria, divulgou o jornal norte-coreano Rodong Sinmun.

Ainda de acordo com o jornal, Assad também teria expressado a certeza de que “a reunificação das coreias será alcançada”. Citando o presidente sírio, o jornal informou ainda que “o governo sírio vai dar pleno apoio à política e às medidas das autoridades norte-coreanas e irá ampliar e aprofundar as relações de amizade com a Coreia do Norte”.

O regime norte-coreano mantém uma relação próxima com o regime sírio. Investigadores da ONU acusam ambos os regimes de cooperarem em um programa de armas químicas.

Líder disputado 

Outro líder que expressou desejo de se reunir com Kim Jong-un foi o presidente da Rússia, Vladimir Putin, que convidou o líder da Coreia do Norte a visitar a Rússia em setembro deste ano. A informação foi divulgada pelo porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, nesta segunda-feira, 4.

Putin teria convidado Kim através de uma carta, entregue ao líder norte-coreano pelo ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, que visitou Pyongyang recentemente. Na carta, Putin teria chamado Kim para participar de um fórum econômico, que acontece em setembro na cidade de Vladivostok.

Com isso, a Rússia seria mais uma potência a estreitar os laços com a Coreia do Norte. Em janeiro, o governo de Pyongyang começou a se reaproximar da Coreia do Sul, com Kim e Moon Jae-in se encontrando em abril. Mais tarde, Kim Jong-un visitou, em duas oportunidades, a China para conversar com o presidente Xi Jinping. Já no próximo dia 12 de junho, o líder norte-coreano deve se encontrar com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Fontes:
Sputnik Brasil - Mais um: presidente sírio se mostra ansioso por se encontrar com Kim Jong-un

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. jayme endebo disse:

    os dois ditadores sanguinários vão trocar suas experiencias diabólicas

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *