Início » Economia » BCE dá ultimato para que Chipre aceite plano de resgate
Crise do euro

BCE dá ultimato para que Chipre aceite plano de resgate

Bance Central Europeu diz que ilha tem até segunda-feira, 25, para entrar em acordo sobre plano ou cortará os fundos emergenciais concedidos aos bancos cipriotas

BCE dá ultimato para que Chipre aceite plano de resgate
Plano rejeitado pelo parlamento cipriota prevê a taxação de depósitos em contas bancárias do país (Reprodução/Internet)

O Banco Central Europeu endureceu o discurso em relação à crise de Chipre. Nesta quinta-feira, 21, o BCE disse que a ilha tem até a próxima segunda-feira, 25, para entrar em acordo com a União Europeia e o FMI sobre o plano de resgate. Caso não chegue a um consenso, o BCE ameaçou cortar os fundos emergenciais concedidos aos bancos cipriotas.

O ultimato estabelece um prazo claro para que Chipre aceite o plano de resgate rejeitado pelo Parlamento na última terça-feira, 19. Entre as exigências do plano está a taxação de depósitos em contas bancárias do país.

Leia também: Sem perspectiva de acordo, Chipre mantém bancos fechados
Leia também: Chipre: Parlamento rejeita confisco de depósitos

O recado chega no momento em que líderes da União Europeia aumentam a pressão para que a ilha apresente um novo plano. O primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, disse que as negociações sobre o resgate de Chipre deveriam incluir a Rússia.

Jeroen Dijsselbloem, presidente do comitê que conta com 17 ministros financeiros da zona do euro, disse nesta quinta-feira ao Parlamento Europeu que o futuro das negociações está nas mãos de Chipre. “No momento, depende das autoridades cipriotas a apresentação de um novo plano”, disse Dijsselbloem.

Fontes:
Financial Times-ECB issues ultimatum to Cyprus

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *