Início » Internacional » Bélgica prende 16 pessoas em operação antiterrorismo
ALERTA MÁXIMO

Bélgica prende 16 pessoas em operação antiterrorismo

A Promotoria belga informou que Salah Abdeslam, suspeito de participar dos ataques em Paris, não está entre os detidos

Bélgica prende 16 pessoas em operação antiterrorismo
Policiais belgas durante operação antiterror na capital Bruxelas (Fonte: Reprodução/Reuters)

Dezesseis pessoas foram detidas na noite deste domingo, 22, em uma operação antiterrorismo comandada pela polícia belga em Bruxelas.

Leia também: Bélgica eleva ao máximo nível de alerta terrorista em Bruxelas

A Promotoria belga informou que Salah Abdeslam, suspeito de participar dos ataques em Paris, não está entre os detidos.

A operação antiterror durou duas horas. O clima era de tensão na principal praça da capital, a Grand Place. A população foi orientada a permanecer em casa e longe das janelas. Policiais fortemente armados podiam ser vistos revistando suspeitos.

O promotor Eric Van Der Sypt disse que os policiais não encontraram nenhuma arma ou explosivo. Ao todo foram efetuadas 19 buscas pela cidade.

Um clima de tensão tomou conta de Bruxelas desde sábado, 21, quando as autoridades decidiram elevar ao máximo o nível de alerta terrorista na capital.

O premier belga, Charles Michel, afirmou neste domingo, 22, que o alerta máximo será mantido para a capital nesta segunda-feira, 23, e que o metrô, as escolas e as universidades ficarão fechados, uma vez que a “ameaça ainda é séria e iminente”.

Ainda de acordo com o premier, “as autoridades estão fazendo tudo o que podem para que a cidade volte ao normal o mais rápido possível”. Charles Michel ressaltou que a Bélgica teme um “ataque similar aos que aconteceram em Paris, com vários indivíduos que podem orquestrar outra série de atentados em diversas localidades na capital belga”.

Fontes:
BBC Brasil - Polícia prende 16 suspeitos em operação 'anti-terror' em Bruxelas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *