Início » Internacional » Boko Haram divulga vídeos com garotas de Chibok
NIGÉRIA

Boko Haram divulga vídeos com garotas de Chibok

No vídeo, o grupo terrorista pede a libertação de combatentes e afirma que os recentes bombardeios do governo nigeriano mataram algumas das meninas

Boko Haram divulga vídeos com garotas de Chibok
Os militantes do Boko Haram alegam que os últimos bombardeios mataram algumas das garotas de Chibok (Foto: Reprodução/Youtube)

O grupo extremista Boko Haram divulgou neste domingo, 14, um vídeo que mostra algumas dezenas das 276 meninas que foram sequestradas na cidade de Chibok, na Nigéria, em abril de 2014. O vídeo foi divulgado nas redes sociais por um jornalista nigeriano que mantém contato com uma facção do Boko Haram.

No vídeo, cerca de 50 meninas são vistas usando véus atrás de um combatente do Boko Haram, que aparece empunhando uma arma e fazendo uma suposta entrevista com uma delas. Identificada pela agência de notícias Reuters como Maina Yakubu, a jovem nigeriana faz um apelo ao governo nigeriano por ajuda.

“O que eu peço é que venham ao nosso resgate. Nós estamos sofrendo aqui”, afirma a jovem na língua local, Kabaku. Ela também menciona os bombardeios recentes promovidos pelo governo nigeriano em uma tentativa de combater o grupo terrorista. “Os últimos bombardeios mataram muitas de nós”, conta Yakubu.

Algumas das garotas aparecem no vídeo segurando bebês. Yakubu diz que 40 delas se casaram no cativeiro – há a suspeita de que tenham sido forçadas a se casar com seus sequestradores. “Alguns de nossos maridos foram feridos nos bombardeios e outros morreram. Ninguém se importa com nós”, disse a jovem.

O militante do Boko Haram afirma no vídeo que o grupo extremista está disposto a libertar as meninas sequestradas em troca da libertação de combatentes do Boko Haram que estão presos pelo governo nigeriano. “Se nossos membros detentos não forem libertados, que o governo e os parentes das garotas de Chibok saibam que nunca mais irão encontrá-las”, afirma o militante.

O Boko Haram vem promovendo ações terroristas no norte da Nigéria e em países vizinhos e tem como principal objetivo proclamar um regime islâmico. Desde quando começou a campanha terrorista há sete anos, o grupo matou mais de 20 mil pessoas e forçou 2,2 milhões a abandonarem suas casas.

Fontes:
Washington Post-New Boko Haram video claims some Chibok girls were killed by airstrikes
BBC-Boko Haram divulga vídeo com meninas sequestradas em 2014

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *