Início » Internacional » Bolívia confirma que vice-ministro do Interior foi morto por manifestantes
CRIME NA BOLÍVIA

Bolívia confirma que vice-ministro do Interior foi morto por manifestantes

O vice-ministro do Interior da Bolívia, Rodolfo Illanes, foi morto enquanto negociava exigências de mineiros

Bolívia confirma que vice-ministro do Interior foi morto por manifestantes
Vice-ministro boliviano foi sequestrado e espancado por manifestantes (Foto: Flickr)

O ministro do Interior da Bolívia, Carlos Romero, confirmou nesta sexta-feira, 26, que o vice-ministro do Interior, Rodolfo Illanes, foi morto por mineiros que estão protestando no país há três dias. Até o momento, mais de cem pessoas foram detidas pela polícia boliviana após o incidente.

“Todos os indícios indicam que o nosso vice-ministro Rodolfo Illanes foi covarde e brutalmente assassinado”, disse Romero à imprensa na madrugada desta sexta. Horas antes, na noite de quinta-feira, 25, o jornalista Moisés Flores, da rádio Fedecomín (uma rádio ligada aos mineiros), já havia confirmado a morte do vice-ministro.

Illanes estava reunido com os mineiros, que protestam na região de Panduro, para dar início às negociações após a morte de dois manifestantes em confronto com a polícia. O ministro da Defesa, Reymi Ferreira, explicou que o grupo sequestrou e torturou o colega. Um ajudante do vice-ministro conseguiu escapar e está internado em um hospital em La Paz. Ferreira afirma que o governo boliviano não deixará impune o caso.

Na quinta-feira, Illanes havia falado a uma rádio local que não estava sendo maltratado pelos mineiros e que estava elencando as exigências deles para a sua libertação.

Os trabalhadores, que estão agrupados em cooperativas privadas, reivindicam uma negociação direta com o presidente boliviano, Evo Morales, para reformar uma lei sindical sobre as concessões de exploração . Eles também exigem a libertação de dez mineiros que foram detidos e pressionam para alugar suas concessões para empresas privadas, uma ação proibida pela Constituição do país.

Nos últimos dias houve confrontos com a polícia e os manifestantes bloquearam uma estrada em Cochabamba, região central do país.

Fontes:
Estado de S. Paulo-Polícia da Bolívia prende mais de 100 mineiros após protestos e morte de vice-ministro
Folha de S. Paulo-Vice-ministro boliviano foi morto por manifestantes, afirma governo
G1-Bolívia confirma que vice-ministro foi assassinado durante protesto

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *