Início » Internacional » Bombardeios americanos já mataram 865 pessoas na Síria
Estado Islâmico

Bombardeios americanos já mataram 865 pessoas na Síria

Entre os mortos estão 50 civis. Mais de 7,2 milhões de pessoas já saíram de suas casas em busca de refúgio

Bombardeios americanos já mataram 865 pessoas na Síria
Refugiados curdos tentam se aquecer em meio ao conflito (Reprodução/Aris Messinis)

Os bombardeios dos EUA contra alvos do Estado Islâmico (ISIS) na Síria já mataram 865 pessoas, entre elas 50 civis, desde o início dos ataques, em setembro deste ano. Segundo a Ong Observatório Sírio para Direitos Humanos, 746 jihadistas do grupo já foram mortos na ofensiva americana. Porém a organização acredita que o número pode ser maior.

Entre os civis mortos, oito eram crianças e cinco mulheres. Os EUA se responsabilizaram por investigar as mortes de civis durante os ataques. Além dos extremistas, 68 membros da Frente Al-Nusra, ligada à Al-Qaeda, foram mortos nos ataques aéreos.

O confronto começou em junho, quando o Estado Islâmico passou a avançar sobre os territórios da Síria e do Iraque, conquistando terras para montar um califado. Uma coalizão internacional, liderada pelos EUA, foi formada para conter o avanço do ISIS.

Aproximadamente 200 mil pessoas já foram mortas na guerra da Síria. Durante o confronto, extremistas islâmicos se juntaram aos opositores moderados. O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) afirmou que a guerra contra o presidente, Bashar al-Assad, forçou a 7,2 milhões de pessoas abandonarem suas casas para buscar refúgio dentro do país, além de 3,3 milhões que foram buscar abrigo fora da Síria.

Fontes:
O Globo-Ataques liderados pelos EUA já mataram 865 pessoas na Síria, diz grupo

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *