Início » Internacional » Brasil foi vítima de ataques cibernéticos organizados pelo FBI
Violação Virtual

Brasil foi vítima de ataques cibernéticos organizados pelo FBI

Síria e Paquistão também foram alvos. De acordo com o jornal 'New York Times', um informante teria comandado toda a invasão

Brasil foi vítima de ataques cibernéticos organizados pelo FBI
A espionagem americana têm sido duramente criticada nos últimos meses (Reprodução/Internet)

Sites dos governos de Síria, Brasil e Paquistão foram alvos de ataques cibernéticos em 2012. De acordo com o jornal americano New York Times, um informante que trabalha para o Serviço Federal de Investigações americano (FBI) coordenou ações que tinha como objetivo extrair dados cibernéticos importantes de vários países.

Leia mais: Falha de segurança na internet põe dados de usuários em risco

Esses ataques só foram possíveis graças à vulnerabilidade de um programa de hospedagem de sites chamado OpenSS. Com isso, o informante chamado Hector Xavier Monsegur instruiu um hacker a obter gigantescas quantidades de dados eletrônicos – desde informações de login até senhas de bancos – dos servidores dos governos de vários países, que seriam armazenados em um sistema monitorado pelo FBI.

Todos os documentos e detalhes da ação cibernética foram mantidos em segredo até agora por um tribunal de Nova York, que censurou documentos altamente sigilosos.

Os documentos, entretanto, não associam o FBI diretamente aos ataques de hackers, apenas sugerem que o governo americano teria feito um acordo com hackers para conseguir informações no exterior, mesmo enquanto condenava membros de grupos de ativistas virtuais como o Anonymous, que organiza ataques cibernéticos e mobilizações pelo mundo.

 

 

Fontes:
Folha- Informante do FBI teria coordenado ciberataques ao exterior

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *