Início » Internacional » Brasileira é presa na Tailândia com 106 cápsulas de cocaína
TRÁFICO DE DROGAS

Brasileira é presa na Tailândia com 106 cápsulas de cocaína

Droga estaria embalada em preservativos e teria sido engolida pela brasileira de 35 anos, que saiu de São Paulo

Brasileira é presa na Tailândia com 106 cápsulas de cocaína
A detenção foi feita no Aeroporto Internacional de Bangcoc (Foto: The Bangkok Post/Reprodução)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Uma brasileira de 35 anos foi detida pela polícia tailandesa carregando 106 cápsulas de cocaína em seu estômago. A detenção ocorreu na última quarta-feira, 31, no Aeroporto Internacional de Suvarnabhumi, em Bangcoc, capital da Tailândia.

A prisão de Jozezelly Mendes Wanzeler foi feita pela unidade antidrogas após a brasileira sair de São Paulo e passar por Adis Adeba, capital da Etiópia, chegando a Bangcoc em seguida, segundo o porta-voz da polícia tailandesa, Chatri Ditonong. A brasileira foi interrogada pelas autoridades e passou por um exame de raio-x para que as drogas fossem identificadas.

Embaladas em preservativos, os agentes acreditam que a quantidade de cocaína dentro do corpo da brasileira equivale à 1,1 quilo. A Justiça tailandesa costuma castigar severamente criminosos envolvidos com tráfico de drogas, com o objetivo de diminuir o poder e a influência das máfias, que atuam, principalmente, com a venda de metanfetamina e heroína.

 

Leia também: Brasil pede ajuda da ONU para conter tráfico internacional de drogas

 

Fontes:
Agência EFE - Brasileira é presa em Bangcoc com 106 cápsulas de cocaína no estômago
The Bangkok Post - Brazilian woman who swallowed cocaine nabbed at airport

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Almanakut Brasil disse:

    Mais uma vagabunda para dar despesa aos cofres públicos!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *