Início » Internacional » Brasileiro que foi preso na Venezuela é expulso do país
INTERNACIONAL

Brasileiro que foi preso na Venezuela é expulso do país

O chavista Diosdado Cabello o acusava de comandar uma organização criminosa

Brasileiro que foi preso na Venezuela é expulso do país
Segundo sua família, Jonatan foi para Venezuela para ajudar crianças carentes (Foto: Facebook)

No último sábado, 6, o brasileiro Jonatan Moisés Diniz, que havia sido preso na Venezuela no final de dezembro, foi expulso do país e voltou aos Estados Unidos. “O incidente envolvendo o brasileiro Jonatan Moisés Diniz foi encerrado, com sua expulsão da Venezuela”, escreveu o ministro de Relações Exteriores Aloysio Nunes Ferreira no Twitter.

O chavista Diosdado Cabello havia anunciado sua prisão junto com a de outros três venezuelanos sob a acusação de pertencer a uma organização criminosa. Segundo sua família, no entanto, ele estava no país para ajudar crianças venezuelanas.

Diniz pedia contribuições em nome da organização “Time to Change the Earth”. Segundo o chavista, a suposta ONG buscava obter “financiamento” e “detectar objetivos estratégicos”. Como provas, usou postagens de Diniz a favor dos protestos contra Maduro, a maioria datada entre maio e agosto, auge das manifestações.

Segundo a lei venezuelana, estrangeiros podem ser expulsos do país em três casos: se violarem a segurança da população, a ordem pública ou se cometerem delitos contra os direitos humanos.

Diniz ficou preso na sede do serviço secreto venezuelano (Sebin), segundo informações recebidas por sua família.

 

Fontes:
G1-Ministro diz que governo de Maduro expulsou brasileiro preso na Venezuela
Folha de S.Paulo-Brasileiro que foi preso na Venezuela é solto e volta para os EUA

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *