Início » Internacional » Bush pede mais liberdade e luta contra o terrorismo
Assembléia Geral da ONU

Bush pede mais liberdade e luta contra o terrorismo

O presidente norte-americano, em final de mandato, falou em medidas mais enérgicas para acabar com a violência no Darfur e disse que o governo de Mianmar, antiga Birmânia, deve ser pressionado, a fim de acabar com a repressão no país.

Em meio à crise econômica que assola os mercados financeiros dos EUA, Bush preferiu abordar alguns de seus temas favoritos no seu último discurso, em uma Assembléia Geral da ONU, especialmente a responsabilidade dos países membros no combate ao terrorismo.

Mas o presidente norte-americano não deixou de tentar tranqüilizar os líderes mundiais, dizendo que seu governo está tomando providências para superar a crise na economia. Além disto, Bush se referiu à invasão da Geórgia pela Rússia como "violação" da Carta das Nações Unidas, cujos princípios prevêem a igualdade de direitos entre as grandes e pequenas nações.

Fontes:
Washington Post - Bush's Final Address to U.N. Draws on Familiar Themes

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

5 Opiniões

  1. Rui Freire disse:

    Olha quem fala de "violação" da Carta das Nações Unidas!
    É muita cara de pau!… ou seria de "mau"?!

  2. Francisco Miguel disse:

    O Brasil tem declarado recentemente que "Em meio à crise econômica que assola os mercados financeiros dos EUA", as consequências por aqui serão quase imperceptíveis. É verdade. Já o foram muito mais (perceptíveis) no passado.

  3. Diego Soares Alves disse:

    Uma violação dessa categoria deve ter motivos, gostaria de saber quais ???

  4. Everton disse:

    Penso que, intervenções políticas em relação a assuntos de Estado não podem ir além de rompimentos das relações diplomáticas e comerciais com governos repressores e financiadores do terrorismo, assim como a oferta de assistência e axilo aos opositores do regime. Qualquer outra forma de "liberdade de luta" – não entendi claramente o que se quer dizer com isso! – é liberdade para violar direitos humanos e a soberania.

  5. Sérgio disse:

    O líder da nação mais poderosa, com vocações bélicas por interesses explícitos pelo OURO NEGRO, se arvora no direito de pleitear "carta branca" para quem sabe deflagrar mais uma guerra!? Sr. Bush, quanta hipocrisia – não é que coincidentemente a região da Geórgia é riquíssima em petróleo?! Mais uma guerra, Sr. Bush, para seu país sair da crise; sim, porque toda vez que os EUA promovem uma guerra, seu poderio aumenta, principalmente o econômico. Que venha OBAMA e, por favor, sem essas idéias imperialistas.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *