Início » Internacional » O excesso de datas comemorativas no calendário da ONU
NAÇÕES UNIDAS

O excesso de datas comemorativas no calendário da ONU

O excesso de datas comemorativas do calendário das Nações Unidas é contraproducente

O excesso de datas comemorativas no calendário da ONU
Com 137 dias destinados a comemorações, muitos questionam se o calendário da ONU não tem eventos em excesso (Foto: Wikimedia)

Em 11 de fevereiro, a ONU comemorou o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência. A ONU designa dias específicos do ano para promover a “conscientização e a ação internacionais” em questões que considera importantes, assim como para celebrar acontecimentos relevantes de sua história. Mas com 137 dias destinados a essas comemorações, muitos questionam se o calendário da ONU não tem eventos em excesso (é difícil compilar uma lista abrangente em razão dos dias instituídos por outras entidades reconhecidos pela ONU). Os benefícios dessa atividade tão extensa e os custos são difíceis de quantificar, sobretudo, porque outras organizações dividem a responsabilidade da operacionalização e dos custos dos eventos. E o uso da internet e das redes sociais facilitam a promoção dessas comemorações.

Esse critério tão amplo de reconhecimento de temas e realizações importantes dificulta distinguir o que é relevante de questões frívolas. Nos primeiros 40 anos de sua existência a ONU acrescentou 25 dias à lista. No entanto, na década de 1980 só dois anos, 1984 e 1985, não deram origem a novas comemorações, mas 110 datas comemorativas foram incluídas no calendário a partir de 1990. Para aumentar a confusão temas semelhantes são comemorados em dias diferentes, como os três dias dedicados à escravidão e os seis eventos sobre a importância do uso sustentável dos recursos hídricos do planeta. Os títulos são desnecessariamente longos, como o Dia Internacional de Comemoração e Dignidade das Vítimas do Crime de Genocídio e de Prevenção deste Crime.

A ONU deveria reexaminar a lista. Com a comunicação eletrônica atual é anacrônico comemorar o Dia Mundial dos Correios. Datas dedicadas ao jazz, às estatísticas, aos professores e à ioga são escolhas peculiares. O Dia das Nações Unidas para a Cooperação Sul-Sul não tem um objetivo concreto. Outros, como o Dia Mundial do Banheiro comemorado desde 2001, com o objetivo de melhorar a higiene e os serviços de saneamento no mundo, é preocupante pelo fato de 2,4 bilhões de pessoas ainda viverem sem condições sanitárias adequadas.

E causas importantes se perdem em meio ao excesso de datas comemorativas da ONU. O calendário da ONU é tão sobrecarregado de eventos que, dois dias depois da comemoração do Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência, dia 13, a ONU celebrou o Dia Mundial do Rádio.

Fontes:
The Economist-Counting the days: UNday, Monday, Tuesday, Wednesday...

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *