Início » Internacional » Cameron reforça segurança no Eurotúnel com cães farejadores e cercas
Crise de migrantes

Cameron reforça segurança no Eurotúnel com cães farejadores e cercas

Primeiro-ministro ressaltou que o governo britânico está trabalhando com o governo francês para tentar achar uma solução para a crise

Cameron reforça segurança no Eurotúnel com cães farejadores e cercas
O Eurotúnel liga o porto da cidade francesa de Calais – e o continente europeu – ao Reino Unido (Foto: Wikimedia)

O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, anunciou medidas adicionais de segurança para proteger a entrada do Eurotúnel na França. A previsão é que a crise dos migrantes continue durante todo o verão no Hemisfério Norte. O Eurotúnel liga a cidade francesa de Calais – e o continente europeu – ao Reino Unido.

Cameron anunciou que vai colocar mais cães farejadores e cercas na entrada do túnel. Os animais vão ser usados para detectar invasões em Coquelles e ainda no porto de Calais, na França.

Um terreno que pertence ao Ministério da Defesa inglês, por sua vez, vai funcionar como parque de estacionamento para caminhões, de forma a aliviar o congestionamento rodoviário que se tem verificado em Dover, na Inglaterra.

Cameron anunciou as medidas depois de uma reunião do comitê de emergência (Cobra), após uma noite marcada por novas tentativas de migrantes de chegar até o Eurotúnel. A Cobra ou Cobr é uma reunião de emergência, que reúne ministros, funcionários públicos, policiais e autoridades de inteligência.

O primeiro-ministro disse que a situação é “inaceitável”. Cameron ressaltou que o governo britânico está trabalhando com o governo francês para tentar achar uma solução.  A responsabilidade da instalação das novas cercas de três metros de altura foi dividida entre os funcionários do Eurotúnel, que ficaram responsáveis por um dos lados da plataforma, e as autoridades francesas, que ficaram com o outro lado.

Cerca de três mil pessoas, a maioria refugiada da violência na Síria e na Eritréia, estão acampadas na região de Calais conhecida como “a selva”, enquanto tentam encontrar uma forma de cruzar o Canal da Mancha e chegar ao Reino Unido.

Nas últimas semanas, pelo menos nove pessoas morreram tentando invadir o túnel ou saltar sobre trens e caminhões.

 

 

Fontes:
The Guardian-Calais migrant crisis to last through summer, says Cameron
DW-Cameron convoca reunião de emergência sobre migrantes em Calais
TVI24-Canal da Mancha-Cameron anuncia medidas para travar crise de migrantes

1 Opinião

  1. Ludwig Von Drake disse:

    A Inglaterra e França destruíram a África e o Oriente Médio com sua política mercantilista e neo-colonialista, agora estão sendo chamados à arcar com as consequências.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *