Início » Internacional » Candidato da oposição denuncia fraude no Equador
ELEIÇÃO PRESIDENCIAL

Candidato da oposição denuncia fraude no Equador

Guillermo Lasso pediu a recontagem dos votos

Candidato da oposição denuncia fraude no Equador
O candidato da oposição, Guillermo Lasso (Fonte: Reprodução/Agência Efe)

Com mais de 95% dos votos apurados, Lenin Moreno, o candidato apoiado pelo atual presidente do Equador, Rafael Correa, foi declarado nesta segunda-feira, 3, vencedor nas eleições presidenciais com pouco mais de 51% dos votos.

O candidato da oposição, Guillermo Lasso, que teria obtido quase 49% dos votos, afirmou, no entanto, que houve fraude e pediu a recontagem dos votos.

Em uma publicação em uma rede social, Lasso divulgou fotos de um relatório que foi supostamente alterado em uma sessão eleitoral: “Este é só um exemplo de atas que apresentam inconsistências. Eles trocaram os votos deles pelos nossos”.

As pesquisas de boca de urna divulgadas no último domingo, 2, mostravam o candidato da oposição na frente da disputa. Lasso chegou até mesmo a comemorar a vitória na eleição presidencial.

Guillerme Lasso disse que informou o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA) sobre a existência de fraudes na eleição presidencial do Equador.

O candidato da oposição pediu aos seus seguidores que sejam pacíficos, mas firmes nos protestos, considerados por ele “legítimos em democracia”.

O presidente da Comissão Eleitoral do Equador, Juan Pablo Pozo, pediu calma: “O Equador merece que os seus atores políticos mostrem responsabilidade ética e reconheçam a vontade democrática expressada pelas pessoas nas urnas. Nenhum voto foi dado ou tirado a ninguém”.

Fontes:
Jornal Nacional - Eleição presidencial no Equador está sob suspeita de fraude
RFI - Lenin Moreno vence eleições, Guillermo Lasso fala em fraude

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *