Início » Internacional » Capital chilena decreta ‘emergência ambiental’ por poluição
Santiago

Capital chilena decreta ‘emergência ambiental’ por poluição

Santiago enfrentou nesta segunda sua primeira 'emergência ambiental' em 16 anos

Capital chilena decreta ‘emergência ambiental’ por poluição
Poluição em Santiago nesta segunda (Fonte: Reprodução/Reuters)

Após três dias consecutivos de “pré-emergência ambiental”, a capital do Chile, Santiago, enfrentou nesta segunda-feira, 22, sua primeira “emergência ambiental” em 16 anos.

A medida se deve aos altos índices de poluição na cidade, que tem 6,7 milhões de habitantes. A administração municipal informou que 40% do parque automotivo de Santiago seria paralisado, além de mais de 3 mil fábricas e outras fontes fixas de poluição.

A “emergência ambiental” está prevista na legislação chilena e é acionada quando os níveis de poluição superam o nível 500 de Material Particulado 2,5.

As escolas de Santiago estão suspendendo as aulas de educação física e as autoridades vão habilitar vias exclusivas de transporte público, entre outras medidas.

A localização geográfica de Santiago, que fica espremida entre várias montanhas, dificulta a ventilação. Além disso, a pouca chuva e temperaturas elevadas nos últimos dias também contribuíram para o aumento da poluição.

O episódio ocorre em plena Copa América, que tem Santiago como uma de suas principais sedes. A Confederação Sul-americana de Futebol determinou, no entanto, que nenhum jogo pode ser suspenso por causa dos altos níveis de poluição.

Fontes:
G1 - Decretada 'emergência ambiental' em Santiago por causa da poluição

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *