Início » Internacional » Premier britânico diz que ameaça terrorista ainda é grande no país
Aniversário de atentado

Premier britânico diz que ameaça terrorista ainda é grande no país

No aniversário de dez anos de um dos piores ataques terroristas em Londres, David Cameron lembrou que o terrorismo ainda representa uma ameaça para o país

Premier britânico diz que ameaça terrorista ainda é grande no país
Autoridades inglesas viveram um dia de caos há dez anos, mais de 700 pessoas ficaram feridas e 52 morreram (Foto: Divulgação)

Há exatos dez anos, a capital da Inglaterra viveu um dia de terror, após uma série de ataques terroristas que mataram 52 pessoas e deixaram mais de 700 feridas. Foram quatro explosões em sequência no centro de Londres, atingindo três carros do metrô e um ônibus. Durante a cerimônia em memória das vítimas nesta terça-feira, 7, o premier britânico, David Cameron, lembrou que a ameaça terrorista ainda é grande no país.

Leia mais: Ataques em Londres deixam mais de 50 mortos

Há pouco mais de uma semana, 30 turistas britânicos foram assassinados por um terrorista na Tunísia. O atentado foi lembrado durante o discurso de Cameron em Hyde Park, local que recebeu flores em homenagem aos mortos de 2005.

“Hoje, o país se une para lembrar as vítimas de uma das piores atrocidades terroristas cometidas em solo britânico. Dez anos depois desses ataques, a ameaça do terrorismo continua sendo real e mortal, como evidenciado no assassinato de 30 turistas britânicos na Tunísia. Mas nós não permitiremos que o terrorismo nos acovarde. Continuaremos fazendo tudo o que podemos fazer para manter os cidadãos britânicos seguros”, discursou o premier do Reino Unido.

Foram programadas várias atividades para lembrar os mortos nos ataques. A primeira delas foi o minuto de silêncio realizado às 10h30 (7h30 de Brasília). Todo o sistema de transportes do país foi interrompido. À tarde haverá outra cerimônia em Hyde Park, que contará com a presença do Príncipe William.

Duas semanas depois dos ataques de 7 de julho de 2005, quatro jovens foram presos enquanto planejavam repetir os ataques. Segundo informações do governo britânico, mais de 40 atentados foram impedidos pela polícia local.

Fontes:
Globo-Cameron: Dez anos após atentados, ameaça terrorista continua real e mortal

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *